THIN LIZZY: 30 anos sem Phill Lynott



Hoje faz 30 anos que um dos mais influentes e inspiradores músicos do rock nos deixou. Phill Lynott nasceu na Irlanda em 1949 e foi líder de uma das maiores bandas que já andaram sobre o planeta, o THIN LIZZY.

Dentre os maiores clássicos, estão os álbuns: "Fighting" (1975), com as músicas "Rosalie", "Suicide", "Wild One" e "Freedom Song". "Jailbreak" (1976), com as músicas "Jailbreak", "Romeo and the Lonely Girl", "The Boys Are Backing Town", "Cowboy Song" e "Emerald". "Johnny the Fox" (1977), com as músicas "Johnny", "Borderline", "Don´t Believe a Word" e "Massacre", essa última regravada pelo IRON MAIDEN no clássico "Max Single Aces High". "Bad Reputation" (1978), com as músicas "Soldiers of Fortune", "Bad Reputation", "Southbound", "Dancing in the Moonlight'. Isso sem contar clássicos mais antigos como as icônicas "The Rocker" e "Whisky in the Jar", hoje mais conhecida na versão do METALLICA.



A banda acabou em 1983, no momento em que Lynott também arriscava uma carreira solo, lançando 2 álbuns, o "Solo in Soho" (1980) e "The Phil Lynott Album" (1982). Depois disso, ele ainda teve outra banda, o GRAND SLAM, do qual ficou apenas um registro ao vivo, lançado em 2003.

Phill Lynott era um baixista, cantor e compositor únicos, onde sua marca registrada era o vocal aveludado e quase falado, semelhante ao de Jimmy Hendrix. Também era um baixista com muito feeling e desenvoltura, onde seu instrumento andava lado a lado com as guitarras virtuosas de nomes como Scott Gorhan, Brian Robertson, John Sykes e Gary Moore, que junto com Phill, tornaram-se nomes importantes na história da banda e do rock.

Philip Parris Lynott  fez sua passagem em 04 de Janeiro de 1986, aos 36 anos, vítima de insuficiência cardíaca e pneumonia devido a uma septicemia, possivelmente potencializada pelo uso de drogas e álcool. Uma estatua de bronze foi erguida em sua memória na Harry Street, cidade de Dublin, Irlanda.

NE: O Thin Lizzy chegou a voltar por mais 2 vezes, a primeira com a iniciativa de John Sykes, em 1996, ficou sob muitas críticas e logo acabou. A segunda vez em 2010, quando houve uma aceitação  maior dos fãs, a banda contava com um sexteto, sem Sykes, e fez uma turnê de secesso, relembrando antigos clássicos. Nos vocais, Rick Warwick, com uma estilo muito semelhante ao de Phill, além do baterista original, Brian Downey.
Devido ao sucesso e aceitação desta volta, a banda decide gravar material inédito, porém, em respeito a memória de Phil Lynott, o grupo muda o nome para BLACK STAR RIDERS, e já lançaram 2 álbuns, o "All Hell Breaks Loose" (2013) e "The Killer Instinct" (2015), mas não vem tendo o furor que foi o velho Thin Lizzy. 
==========================
(Editor / Redator / Músico)