16 de nov de 2017

[Resenha] DARK AVENGER - "The Beloved Bones: Hell" (2017)


Este ano a banda DARK AVENGER lançou o seu mais recente álbum, o "The Beloved Bones: Hell". O trabalho, que é o quarto disco da carreira, foi produzido pelo guitarrista do grupo, Glauber Oliveira e masterizado pelo sueco Tony Lindgren.

O conceito lírico do álbum foi concebido pelo vocalista Mário Linhares e gira em torno dos conflitos entre o "Emocional" e o "Racional" com o "Eu" como pivô em uma narrativa com interpretações geniais. Este tema foi amplamente desossado em outras resenhas - bem longas por sinal, mas quem quiser se aprofundar leia esta

A parte instrumental e harmônica tem os guitarristas Glauber Oliveira e Hugo Santiago como principais compositores, juntamente com Mário Linhares que, obviamente, foi o responsável pelas linhas vocais e partes harmônicas.

"The Beloved Bones: Hell" eu considero a grande obra-prima do DARK AVENGER. É um álbum que tem uma história tão genial, que você fica envolvido do começo ao fim com o tema, o bom gosto dos arranjos, como também com a interpretação sublime de Mário Linhares, que está melhor do que nunca. Mário viaja do grave "aveludado", passando por vozes encorpadas, pela agressividade - quando necessário - e vai até os seus famosos agudos cintilantes. Vemos aqui um vocalista que buscou sua maturidade como cantor, algo que já vinha acontecendo no álbum anterior o "Tales of Avalon - The Lament" (2013) - Que já considerava um dos melhores trabalho da história do metal brasileiro.

A performance instrumental é soberba! Arranjos intrincados, harmonias complexas e solos realmente tocantes, por isso mesmo é difícil destacar músicas neste trabalho, até mesmo pelo fator conceitual. Mesmo assim, tenho minhas favoritas, aquelas que, quando chega, dou aquela aumentadinha no volume e até canto junto. São elas:

"The Beloved Bones", que começa com uma belíssima introdução de violino e é seguido de uma orquestração apoteótica. Depois entra banda com tudo em uma "pregação de fogo" master, com riffs rápidos e venenosos. Em cima de tudo isso, Mário Linhares chega colocando o  terror com um vocal agressivo! Pra que ficar comentando? Ouça você mesmo abaixo:




"This Loathsome Carcass" tem aquele clima místico e viajante. É uma música ralentada, com uma atmosfera oriental. Os riffs são pesados e arrastados e a faixa vai variando conforme a trama vai se desenrolando. Uma emoção!!

Agora, se você quer realmente sentir o peso dramático, o sentimento de eminência constante, a tensão, escute a que, para mim, é a melhor faixa do álbum: "Parasite"! Eu separo aqui para vocês o lyric video que foi lançado como o primeiro singles do álbum ainda em 2014, para tirarem suas próprias conclusões:




"Nihil Mind" é um som mais "tranquilo", mais voltado ao tradicional, mesmo assim, um som cheio de detalhes harmônicos e orquestrações. Tem também incríveis trabalhos de guitarras. Mário Linhares está fodástico!!

===========

"The Beloved Bones: Hell" é, sem dúvida, um dos melhores álbuns lançados, não somente em 2017, mas em toda a história do Metal Nacional. Digamos que está entre os 10 melhores. Para a banda, um marco na carreira, um daqueles álbuns que será uma referência futura, a obra-prima da qual será difícil superar ou manter o nível, mas não impossível pois, o que se nota, é uma banda em constante evolução. Recomendado? Não! Obrigatório!!

NOTA - 10-M
==========================
DARK AVENGER - "The Beloved Bones: Hell" (2017)

Faixas
01. The Beloved Bones (Inconsciência)
02. Smile Back To Me (Negação)
03. King For A Moment (Fuga)
04. This Loathsome Carcass (Vitimização)
05. Parasite (Revolta)
06. Breaking Up Again (Súplica)
07. Empowerment (Reflexão)
08. Nihil Mind (Equilíbrio)
09. Purple Letter (Coragem)
10. Sola Mors Liberat (Decisão)
11. When Shadow Falls (Liberdade)

Formação

MARIO LINHARES - voz
GLAUBER OLIVEIRA - guitarra
HUGO SANTIAGO - guitarra
GUSTAVO MAGALHÃES - baixo
ANDERSON SOARES - bateria


Contato: talktodark@gmail.com

Sites relacionados:
FACEBOOK



================
   photo ROCKPEDIA.jpg