NOTA EM DESTAQUE

MELHORES DE 2019 - NACIONAL

22 de abril de 2011

[Matéria Especial] As nossas vozes dão a dica

Recentemente foi postado uma matéria sobre os cuidados com a voz aqui no Blog, e fiquei muito curioso em como os nosso cantores se comportam antes e durante shows. Para tirar esta dúvida contatei algumas das "nossas vozes" para ver o que cada um tinha para passar e as respostas foram interessantes, e algumas, bem curiosas. Confira:

NIUTON PAGANELLA (Hammer 67)

Qual o seu ritual de aquecimento e preparo entes de um show, desde os dias que antecedem até as horas e minutos finais antes de entrar no palco?

Se for possível dormir muito e falar pouco, falar detona mais a voz do q cantar no meu caso. Normalmente tomo cerveja gelada e as vezes umas doses de whisky ou Bourbon sem gelo sem nenhum problema, quem fala q não pode beber antes de show é p**o. As vezes se sinto q a voz e o corpo tão muito cansados, alongo um pouquinho e faço uns dois ou três minutos de relaxamento. Fumar (qqer coisa) antes do show normalmente não da muito certo, mas se for metal pesado não da nada, só prejudica os registros mais altos.

Curiosidades e dicas 

tosse? Mel e leite com conhaque. Rouco? Água e maçã. Ressaca? tome um remédio*; muita água e sal de fruta.

Fiquei doente, e agora? 

Se f***. Se for coisa fraca vai do mesmo jeito, nunca cancelei show por causa de doença. Gripe, dor de garganta, tosse, tudo isso passa na hora que esquenta a maquina. O que não pode é depois do show ficar rateando pq aí sim fode tudo.

Sumiu a voz na metade da apresentação, o que faço? 

Nada. Desiste das notas mais altas, usa a criatividade pra improvisar melodias em tonalidades abaixo, é bom sempre pensar em linhas melódicas alternativas se vc canta só registros altos.

O equipamento não me dá suporte, como remediar? 

Se vc tem $ compre um ear e leve sempre nos shows, é o ouro. Se é pelado que nem eu se acostume a não se ouvir nos ensaios, preste atenção na voz “dentro da cabeça” e cuidado pra não desafinar pq o som de dentro da cabeça é mto diferente do que sai do corpo. Por isso é bom sempre gravar os ensaios, shows e etc pra vc ter referencias mesmo qdo não se ouve porra nenhuma, o que acontece bem mais do que a gente gostaria...


http://www.myspace.com/hr67


*Nota HNR: Nunca se auto medique, procure ajuda profissional.
================================

RODRIGO CAMPAGNOLO (Exit11 / Electric Blues Explosion)

Qual o seu ritual de aquecimento e preparo entes de um show, desde os dias que antecedem até as horas e minutos finais antes de entrar no palco?

Seria muito engraçado e de se esperar algo como "tomo umas biras e a voz tá aquecida", mas voz é uma coisa muito séria pois trata-se de um esforço físico que pode gerar problemas como nódulos e calos nas cordas vocais. No meu caso, peguei uns toques de técnica vocal com minha mãe (a maestrina Anita Campagnolo) ainda quando comecei a cantar, quando tinha uns 20 anos de idade. Hoje, antes do show, procuro alongar o pescoço e trabalho alguns minutos de aquecimento usando algumas das técnicas que me foram ensinadas.

Curiosidades e dicas 

Dicas: Antes do show, aqueça, nem que seja cantando uma ou duas músicas. Isso ajuda a soltar a voz e preparar os músculos para o esforço que está por vir. Não force. Se está dificil para cantar, escolha outra música no lugar. Escolha tonalidades que sejam confortáveis ao seu alcance.

Curiosidades: Usando a afinação meio tom à baixo ajuda a não forçar a voz, principalmente em shows longos e repertórios com diferentes estilos e bandas. Bandas grandes como Whitesnake, Ozzy Osbourne, Disturbed e até mesmo o Queen (desde a época do Freddie Mercury) usam afinações mais baixas para a turnê, mesmo o disco tendo sido gravado com afinação standart. Menos o Glenn Hughes e o Richie Kotzen - esses são foda e usam afinação normal até hoje, inclusive ao vivo!!
Nos últimos anos venho usando afinação meio tom a baixo na Electric Blues Explosion, mas recentemente, por insistência do Ximitão, voltamos a usar afinação standart para as músicas próprias e soou muito melhor e até mais fácil de cantar assim, vai entender...

Fiquei doente, e agora? 

Você ficou doente, o público não tem nada a ver com isso. Sobe lá e faz o serviço, depois vai pra casa e descança.

Sumiu a voz na metade da apresentação, o que faço? 

Faz a galera cantar o refrão das músicas; canta uma oitava à baixo, dá um jeito... é o teu que tá na reta...

O equipamento não me dá suporte, como remediar? 

O que não tem remédio, remediado está. Eu particularmente, quando pego um equipo ruim, faço de tudo pra estragar a porcaria de vez, que é pra ver se o dono do lugar cria vergonha na cara e compra um equipo decente. Dinheiro pra televisãozinha de plasma sempre tem, mas equipo de som, a banda que se f***da. Se não quer investir em equipo de som bom, então não contrata banda. simples.

http://www.myspace.com/exit11metal

===================================================

MARCO PAIM (The True... / Grinder / Metalblast)

Qual o seu ritual de aquecimento e preparo entes de um show, desde os dias que antecedem até as horas e minutos finais antes de entrar no palco?

Nos dias antes do show não tenho muito o que fazer, pois trabalho à noite e durante o dia não durmo muito. Mas no dia do show, procuro relaxar bastante, e não me desgastar na passagem de som. Quando chego no bar vou direto ao camarim e me isolo. Fico, durante +ou- 1 hora fazendo exercícios preparatórios, começando com alongamentos musculares em todo o corpo, principalmente nos músculos faciais, pescoço e abdômen. Depois passo para os exercícios de diafragma e  por último alguns solfejos juntamente com exercícios para melhorar a pronúncia (os famosos "brrrrrr´s", "mmm´s" "nnnn´s" e "trrrrrr´s", além do "a, e, i, o, u" fazendo um círculo com a boca).
Confesso que de uns 3 anos para cá andei meio relachado neste quesito, aquecendo só na bereja hehehe. Mas agora reencontrei Jesus e está tudo certo, hehehe.

Curiosidades e dicas 

Para quem pode, procure fazer um sono antes do show e antes de ensaios. isso ajuda a descansar os músculos e os bocejos que vem depois são um remédio para o aparelho fonador. Beba muita água! Isso é primordial.
Conheça seu corpo e seus limites, não faça nada que não esteja preparado, estude técnicas de canto, e tenha certeza do que está fazendo.

Fiquei doente, e agora? 


Bem, tenho sinusite crônica, então tenho que me cuidar muito. Já fiz alguns show nesta situação e aprendi a lidar com isso. Há uma coisa muito importante que levo comigo, é não me preocupar. Já foi pior no passado e hoje em dia procuro esquecer e deixar a adrenalina me ajudar. 

Sumiu a voz na metade da apresentação, o que faço? 

Para perder a voz, ou está fazendo algo muito errado, ou está muito doente e ou com fadiga. Mas se mesmo assim isso acontecer procure não dizer para seu público. Tem alguns vocalistas que gostam de deixar claro a sua condição de saúde em shows. Isso é um tremendo erro. Por que?
Em primeiro lugar, grande parte das pessoas, pelo menos os músicos, já perceberam isso, e querem ver o cara se superando, não um "loser" que ao invés de se esforçar para fazer um bom show fica dando desculpas para sua performance. E tem mais, aqueles que não haviam percebido, que é a maioria, agora ficaram sabendo e, ora bolas, eles pagaram entrada!!!
Improvise, chame o pessoal para cantar os refrões, beba bastante água, se recomponha, e não pense no problema senão ele piora. Leve na esportiva.
  
O equipamento não me dá suporte, como remediar? 


Essa é uma questão complicada. Eu sempre ensaiei em "ambientes hostis" com equipamentos de qualidade mediana, então não me surpreendo quando canto em um lugar que não tem nem retorno (e não foram poucas vezes). O cara tem que estar preparado pra tudo! Parece loucura, mas mesmo ensaiando em estúdios eu sempre procuro deixar o volume da voz um pouco mais baixo do que se deveria, o suficiente para me escutar, para não acostumar mal. A não ser que eu esteja muito cansado.
Ora, eu botei na cabeça que raramente eu cantarei em um palco com equipamentos de alta qualidade, então...


http://www.myspace.com/marcopaim


====================================


CAMILA DENGO (The Blues Beers)


Qual o seu ritual de aquecimento e preparo entes de um show, desde os dias que antecedem até as horas e minutos finais antes de entrar no palco?


O que eu digo:
Mais importante do que tudo é estar com as músicas bem ensaiadas, se o cantor estiver seguro, passa confiança para a banda e para o público. Evite ensaiar no dia anterior, ou mesmo no dia do show.
No dia do show, o ideal é programar tempo suficiente para se arrumar, passar mentalmente o repertório, (quase nunca consigo fazer isso), evitar correrias, atrasos, que geram tensão desnecessária e prejudica a performance.
Alongar o corpo e respirar de forma lenta e controlada proporcionam relaxamento e preparam o corpo para o palco, afinal o público que vai ao show não somente ouve, mas vê e sente tudo que o cantor e a banda fazem, não podemos pensar em aquecer somente a voz, cantamos com o corpo todo.
É muito importante o aquecimento vocal. Os exercícios e o tempo variam para cada cantor, e depende da voz, do repertório e do nível técnico, por exemplo, em alguns casos o aquecimento deve ser mais para colocar a voz na ressonância correta, e usando pequena extensão. Se aquecer a voz plenamente e o show iniciar com uma música suave, o resultado pode não ser bom. Quando o repertório é intenso o aquecimento deve acompanhar, trabalhar toda extensão vocal, projeção e aspectos técnicos necessários para cada um.
Uma boa dica é programar o set list de maneira a iniciar o show com músicas mais fáceis para o cantor, deixar as mais complexas para o meio, já que no fim voce pode estar cansado e não render muito, e no fim as medianas, dessa forma é possível aquecer a voz com o próprio repertório, mas algum exercício é indispensável para começar a preparar o corpo para cantar, que é um uso diferente que fazemos do nosso aparelho fonador.


O que eu faço:

No ensaio não me desgasto passando mais de uma vez cada música, a não ser que seja nova e todos estejam aprendendo. Anoto oque precisa ser revisado.
Me concentro um tempo antes do show, reviso mentalmente o repertório, organizo o que vou falar, me alongo, faço alguns vocalizes, geralmente no carro, indo para o show. Evito competição sonora antes e depois do show (falar em ambiente com som alto).

Curiosidades e dicas 


Por causa da adrenalina, é muito comum a boca secar nas primeiras músicas, e cantar com a boca seca é bem difícil. Isso pode ser minimizado com uma boa hidratação antes do show, e programar uma pausa depois da 1ª musica para beber água, não é legal ficar bebendo água (ou qualquer outra coisa) o tempo todo, mas é necessário, dependendo da temperatura, do ambiente, etc.
Uma dica interessante, se não tiver água, e a boca estiver seca, pense em seu umbigo...automaticamente é produzida saliva! mágica...não sei porque acontece isso...

Fiquei doente, e agora?



O ideal é repousar para o corpo se recuperar, mas muitas vezes não podemos (nem queremos) cancelar um show.
Dependendo do problema, é possível cantar. Dores de garganta às vezes não prejudicam a voz, apenas causam desconforto, e as pregas vocais não são afetadas.
Quando o problema é na laringe, e o cantor está sem voz, aí não tem jeito, o melhor é ficar quieto.
Até existem alguns medicamentos que reduzem o edema e produzem uma melhora, mas possuem muitos efeitos colaterais e devem ser prescrevidos por um médico, de preferência otorrinolaringologista.
Rinites, sinusites e gripes, também complicam a voz, sem espaço para ressonar o timbre é muito afetado.

Sumiu a voz na metade da apresentação, o que faço? 


Se isso acontece, é porque algo deu muuuito errado. Uma voz saudável, com técnica vocal adequada, independente do repertório, deve resistir a um show inteiro e permanecer saudável. Procure aulas de canto! Hoje temos técnicas até para gritar com saúde.

O equipamento não me dá suporte, como remediar? 


Esse é um problema bastante comum, é difícil ver banda que ensaia com um bom equipamento, áté mesmo nos estúdios pagos. Em shows a situação não é diferente.
É muito importante entender um pouco do equipamento e do que pode ser feito, saber o que pedir na hora de equalizar. Se a equalização não estiver boa, o cantor não ouve alguma frequencia e acaba fazendo ajustes na voz, oque pode provocar tensão e desconforto. Da mesma forma, alguns ajustes deixam a voz melhor, e fica muito mais fácil cantar.
====================================

Obs: Mandei e-mails parav vários vocalistas, e estes acima foram os únicos que responderam. Eu agradeço o apoio.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário