25 de abril de 2011

[Resenha] BRAINSTORM - "Soul Temptation" (2003)


O BRAINSTORM é uma das melhores bandas alemãs em atividade na Europa. Com um som pesado e ao mesmo tempo bem musical e trabalhado, vem lançando um disco melhor do que o outro desde o primeiro álbum oficial de 1997, o "Hungry". Nos 2 primeiros álbuns a banda contava com o mediano vocalista MARCUS JÜNGER e fazia algo que beirava o trash metal. Com a entrada do excelente ANDY B. FRANK (Symphorce) em 2000 a banda tomou um direcionamento mais para o power metal e vem crescendo a cada álbum, e isso se mantém até hoje, com álbuns de produções impecáveis.

"Soul Temptation", pra mim é o melhor álbum da banda, onde eles realmente encontram o amadurecimento. A primeira faixa é uma das melhores do álbum, "Highs Without Lows" com até mesmo com um videoclipe (assista abaixo) e traz um heavy metal tradicional e pesado, com um refrão muito bem construído.

"Doonway Survive" é um som empolgante e rápido! O peso e a agressividade está presente em todas as faixas, onde a maioria das músicas afinadas em C. Logo depois vem "The Leading", pra mim a melhor música do álbum, um som cadenciado e bem ao estilo heavy tradicional, além de um vocal surpreendente.

Outro destaque é "Nunca Nos Rendimos", um som muito legal, bem trabalhado e pesado, e o interessante é o refrão que acaba com uma frase em espanhol. "Fading" é bem ao estilo HELLOWEEN fase ANDI DERIS, a influência é evidente, desde a levada de bateria até os riffs e dobradinhas de guitarra.



Agora a coisa fica realmente séria. Em "Trinity of Lust" temos um melhores momentos do BRAINSTORM em sua história. Trata-se de uma trilogia, 3 sons que se completam em um mesmo tema e onde a banda mostra toda a sua fúria e técnica. Já na primeira parte, "Trinity of Lust: Shiva´s Tears", começa com um tema indiano e traz um peso e levada muito emocionantes. A segunda parte, "Trinity of Lust: Fornever" é mais rápida e traz um refrão muito legal. Já "Trinity of Lusta: Soul Temptation" a banda mostra um ritmo "andante" e cadenciado, um clima vocal muito legal e mistico que te remete aos tempos da Índia antiga e o refrão é algo épico. Esse é o ponto máximo do álbum.

O último destaque fica por conta de "Rising", uma sonzeira e digna para finalizar um álbum em grande estilo, ou até mesmo um show. O refrão é empolgante, lindo, grudento e uma das minhas preferidas. 

O álbum "Soul Temptation" é um trabalho para quem gosta de boa música, é um disco que deve ter em sua audioteca, mesmo que virtual. Eu Recomendo!!!

NOTA - 10
===========================
BRAINSTORM - "Soul Temptation" (2003)
(Metal Blade/Sum Records)
tracklist
01 - Highs Without Lows
02 - Doorway to Survive
03 - The Leading
04 - Nunca Nos Rendimos
05 - Fading
Trinty of Lust 
    06 - Shiva's Tears
    07 - Fornever
    08 - Soul Temptation
09 - Dying Outside
10 - To the Head
11 - Rising

Line-up
Andy B. Frank - voz
Torsten Ihlenfeld – guitarra
Milan Loncaric – guitarra
Andy Mailänder – baixo
Dieter Bernert – bateria

Convidado
Michael Rodenberger – teclados




==========================
(Editor / Redator / Músico)



Comentários
1 Comentários