17 de maio de 2011

[Resenha] - As influências do Heavy Metal (Anos 70 PT03)

sta é a terceira e última parte sobre as bandas dos anos 70 que influenciaram as décadas seguintes, depois passaremos para os anos 80. Nesta parte surge as bandas mais pesadas, onde o heavy metal se estabelecia definitivamente com a chegada de gigantes como JUDAS PRIEST e MOTORHEAD.


"Sad Wings of Destiny" (1976) - JUDAS PRIEST

Sem dúvida, o JUDAS PRIEST foi a banda que faltava para alavancar a evolução do heavy metal em 76. Apesar de o primeiro álbum "Rocka Rolla" de 74, ter soado um tanto pesicodélico, este álbum já trás muitos riffs e levadas pesadas. Mas o destaque mesmo ficou a cargo de ROB HALFORD e sua incrível voz, que trazia o diferencial para a época. Um dos grandes clássicos do metal

Destaques:
"Tyrant", "Victim of Changes" e "The Ripper".

"Jailbreak" (1976) - THIN LIZZY

Outra banda que influenciou e impulsinou muitas bandas do heavy metal britâncio e Europeu, o chamado NWOBHM. (New Wave of British Heavy Metal). Principalmente bandas como IRON MAIDEN e DEF LEPPARD.


 Destaques:
"Jailbreak", "The Boys Are Back in Town" e "Emerald".



"Leftoverture" (1976) - KANSAS

Este álbum é fabuloso, e para mim, o melhor do KANSAS. Diferente do anterior, este é muito mais complexo e técnico, além de um pouco mais de teclados e menos guitarras. Com bases monstruosas e composições épicas, este álbum é uma referência para o progmetal.


Destaques:
"Carry On Wayward Son", "The Wall" e "Magnum Opus".


'Sin After Sin" (1977) - JUDAS PRIEST

Se o BLACK SABBATH é o pai do heavy metal, o JUDAS PRIEST podemos considerar o padrinho (eu sei que vocês pensaram em outra coisa, hehehe). O JUDAS veio para tirar o estigma do blues presente nas composições nas composições da época e adicionou o peso extra que faltava, com riffs diferenciados e um estilo mais agressivo. O que dizer de "Dissident Aggressor", simplesmente uma das músicas mais brutais da história.

Destaques:
"Sinner", "Starbreaker" e, claro, "Dissident Aggressor".

"Taken By Force" (1977) - SCORPIONS

Um clássico!! Este álbum difere de tudo que o SCORPIONS já fez, créditos ao excepcional guitarrista ULI JON ROTH, que fez alguns dos solos de guitarra mais fodásticos do metal, vide "The Sails of Charon". O seu estilo de tocar trouxe peso e fúria a banda, e este álbum é um resumo disto. Após a saída de JON ROTH e a entrada de MATHIAS JABS  no álbum seguinte, a banda assume o estilo que a definiria para sempre como uma das maiores bandas de hard rock de todos os tempos.

Destaques:
"Steamrock Fever", "The Sails of Charon" e "He´s a Woman, She´s a Man".

"Johnny the Fox" (1977) - THIN LIZZY

Perfeito! Essa é a palavra que define este álbum! Levadas marcantes, músicas rápidas e pesadas, a influência deste disco é clara, podemos muito bem imaginar o IRON MAIDEN dos anos 80 tocando, inclusive, o próprio regravou a canção "Massacre" em 1988.


Destaques:
"Johnny", "Don´t Believe a Word" e "Massacre".


"Hemispheres" (1977) - RUSH

O RUSH vinha evoluindo cada vez mais em suas composições a cada álbum lançado, e o que impressiona neste álbum é o peso e a versatilidade. Coloque guitarras, distorções e efeitos modernos em "Cygnus X-1 Book II" e temos uma banda de progmetal atual. O RUSH é um dos grandes mestre do rock progressivo, o pai do progmetal!

Destaques:
"Cygnus X-1 Book II", "The Trees" e "La Villa Strangiato".

"Stained Class" (1978) - JUDAS PRIEST

E aí vem mais um petardo dos deuses do metal!!! Este álbum é 100% ótimo, uma música melhor que a outra. E é onde temos a grandiosa "Beyond the Ralms of Death", uma das melhores baladas pesadas de todos os tempos.


Destaques
"Exciter", "Stained Class" e "Beyond the Realms of Death".


"Long Live Rock n´Roll" (1978) - RAINBOW

Este álbum fecha a trinca divina do RAINBOW. Ele é destruidor, reza a lenda que o "Kill the King" é a primeira música do que viria a ser o metal melódico ou power metal.



Destaques:
"Long Live Rock n´Roll", "Gates of Babylon" e "Kill the King".


"Overkill" (1978) - MOTORHEAD                                                 

Já tínhamos a influência do blues, da música clássica e o peso, agora vem a fúria!!! O MOTORHEAD veio para introduzir o que faltava para o heavy metal se tornar o que é hoje. Com sua influência punk, principalmente de RAMONES, com riffs simples e músicas curtas, além de da agressividade e os inconfundíveis vocais rasgados de LEMMY, a banda é um dos grandes nomes até hoje.

 Destaques:
"Overkill", "Saty Clean" e "No Class".


"Highway to Hell" (1979) - AC/DC

Apesar de ser uma banda de rock, não é um rock qualquer, é rock pesado!!! A diferença do AC/DC para as outras bandas da época são os riffs de acordes marcantes, além da batida reta e empolgante. Este tipo de som influênciou muitas bandas de metal tradicional dos anos 80 como o ACCEPT e o TWISTED SISTER. Este álbum sem dúvida resume tudo o que o AC/DC foi na Era BON SCOTT (Rip).

Destaques:
"Highway to Hell", "Walk All Over You" e "Touch to Mouch".

=======================================================================

Perdeu as outras partes da séries? Clique abaixo:

A Influência do Heavy Metal nos Anos 70 (pt01)
A Influência do Heavy Metal nos Anos 70 (pt02)






Comentários
0 Comentários