2 de maio de 2011

[Resenha] As influências do Heavy Metal (Anos 70 PT01)

(Editor / Redator / Músico)
----------------------------

Olá pessoal! 

Nesta série estarei mostrando para vocês os maiores e mais influentes discos do heavy metal ao longo de sua história. Será uma lista em ordem cronológica baseada em meus conhecimentos e gostos pessoais, sendo assim, sempre haverá alguma coisa faltando ou em desacordo com outros estilos que não sou muito familiarizado. Sintam-se a vontade para comentar e, de repente, acrescentar alguma coisa nesta viagem no tempo do rock pesado. Deixe um comentário ou sugestão.

Nesta primeira parte, estarei trazendo até vocês as bandas da década de 70, subdivididas em 3 etapas. Aqui terá o começo de tudo, as influências e referências inclusive com áudios, para as suas próprias conclusões. É só baixar o arquivo abaixo e acompanhar a saga. Clique também nas músicas linkadas e assista a vídeos. Vamos lá? Espero que vocês gostem:
=======================================================================

"Led Zeppelin II" (1969) - LED ZEPPELIN

Este álbum é considerada a primeira insinuação do nascimento do heavy metal de que se tem notícia. Outro álbum que trazia um peso diferenciado às músicas e já mostrava alguns riffs inportantes. Qual guitarrista que nunca tocou o riff de "Whole Lotta Love" alguma vez em sua vida nem que fosse de brincadeira?
Além disso temos a poderosa bateria de JOHN BONHAM.

Destaques:
'Whole Lotta Love", "Living Loving Maid (She´s Just Woman)" e claro a grandiosa "Mob Dick".


"Black Sabbath" (1970) - BLACK SABBATH

Este é o "marco zero" do heavy metal. O estilo em sua real concepção, o começo de sua história. A importância deste disco para o estilo é indiscutível, é o "Gênesis" de toda uma geração que existe até hoje. Diferente em de tudo que já existia até então, mas ainda conservando as referências do blues e do jazz.

Destaques::
"Black Sabbath", "The Wizard" e "N.I.B"



"Paranoid" (1970) - BLACK SABBATH

Este é o segundo álbum e foi lançado no mesmo ano do primeiro, e só consolidou o BLACK SABBATH como o "pai" do heavy metal. Nele simplesmente há 3 dos primeiros e maiores clássicos do estilo. O riff de "Paranoid" é um dos mais tocados na história do rock, seja numa jam session, seja para testar sua guitarra ou como referência em milhares de músicas do estilo.

Destaques:
"War Pigs", "Paranoid" e "Iron Man".


"Lucifer´s Friend" (1970) - LUCIFER´S FRIEND

Muita gente não o conhece por ser uma banda que não deu sequência a sonoridade de seu primeiro álbum, já que o segundo é bem diferente, inclusive com inclusão de metais em suas músicas e muito material folk. Mas este é um dos mais sombrios álbuns da década de 70` e foi lançado juntinho com o do SABBATH. Nele temos a incrível voz de JOHN LAWTON (ex-Uriah Heep) na "flor da idade".


Destaques:
"Ride in the Sky", "Everybody´s Clow" e "Keep Goin´"

"In Rock" (1970) - DEEP PURPLE

Este é o 4º álbum do PURPLE e o primeiro com IAN GILLAN. Traz também um RICHIE BLACKMORE mais "riffeiro" e com uma distorção mais pesada. Músicas rápidas, influência clássica, voz agressiva e os poderosos agudos de GILLNA faz deste álbum uma grande referência. A contribuição dele para o estilo está evidente em praticamente todas as músicas.

Destaques:
"Speed King", "Child in Time" e "Into the Fire".


"Led Zeppelin IV" (1971)  - LED ZEPPELIN

Apesar de termos um verdadeiro disco de rock pesado e uma banda já voltada para o lado semi-acústico neste álbum, temos de reconhecer verdadeiros clássicos que influenciaram o heavy metal. Quando o assunto é compor uma "balada pesada" a primeira referência que se vem a mente é "Stairway to Heaven". Muitos músicos já declararam, ao se referir a alguma de sua obra, terem conseguido fazer "a sua Stairway to Heaven" em determinado momento.Esse foi o caso do JUDAS PRIEST com "Beyond the Realms of Death".

Destques:
"Black Dog", "Rock n´Roll" e "Stairway to Heaven".


"Aqualung" (1971) - JETHRO TULL

Apesar de ser uma banda de rock progressivo e folk, muitas das bandas dos primórdios do heavy metal beberam desta fonte e reconhecem a sua influência. Prova disso é a declarada admiração de STEVE HARRIS, BRUCE DICKINSON e ADRIAN SMITH, ambos do IRON MAIDEN, pelo JETHRO.  Inclusive regravaram "Cross-Eyed Mary" em um single dos anos 80`Neste disco o Jethro Tull começa a explorar mais a distorção nas guitarras sem deixar de lado as tradicionais flautas e orquestrações, que por coincidência, vem sendo mais comum em uma nova onda de heavy metal desta década. O que dizer do riff de "Aqualung" ou a levada de "Locomotive Breath"? Esta última regravada pela banda alemã HELLOWEEN.

Destaques:
'Aqualung", "Cross-Eyed Mary" e "Locomotive Breath".


"Look At Yourself" (1971) - URIAH HEEP

Ao longo da carreira do URIAH HEEP temos muitas músicas voltadas para o heavy metal tradicional e ao hard rock, mas este álbum em especial  é o que mais serve de referência para as bandas do estilo, por ser o mais pesado da década de 70, principalmente a pela levada cadenciada da faixa título, regravada pela banda GAMMA RAY em seus primórdios.

Destaques:
"Look At Yourself", "July Morning" e "Tears in My Eyes"



"Vol 4" (1972) - BLACK SABBATH

Mais um grande clássico dos já consagrados mestres do peso e do terror escrevendo mais uma página do livro do heavy metal com todas as suas palavras e significados. Este álbum é sombrio e pesado, com muita acides e incríveis e memoráveis riffs de TONY IOMMI que ficaram eternizados.


Destaques:
"Tomorrow´s Dreams", "Snowblind" e "Under the Sun".



"Machine Head" (1972) - DEEP PURPLE

Este é o maior clássico do DEEP PURPLE, tanto pelos fatos históricos que cercam as gravações deste álbum como pelas músicas que há nele. Aqui está registrado um dos maiores, brilhantes e simples riffs do rock em todos os tempos. Quem não souber tocar o  "Smoke on the Water" levante a mão!
Obs: se souber tocar, é extremamente proibido errar!!!
Há também a pesada e rápida "Highway Star", sonzaço!! Enfim, simplesmente não há música ruim neste álbum.


Destaques:
"Highway Star", "Pictures of Home" e "Smoke on the Water".


"Slayed?" (1972) - SLADE                                                                

Um dos melhores álbuns dos anos 70`!  SLADE foi uma das bandas mais energizantes e furiosas do rock pesado e este álbum é o melhor da sua carreira. Influenciou diretamente bandas como Quiet Riot (que regravou 2 músicas da banda), W.A.S.P., TWISTED SISTER, entre outras do estilo, com os vocais fortes, agudos e rasgados.

Destaques:
"Gudbuy t`Jane" "Mama Weer All Crazee Now" e "Gudbuy Gudbuy".



"Sabbath Blood Sabbath" (1973) - BLACK SABBATH

Este, para mim, é a grande obra prima do SABBATH na Era OZZY OSBOURNE. Esse álbum sempre me lembra dois momentos mágicos quando eu o ouvia em vinil. O primeiro quando você coloca a agulha e vem o incrível riff de "Sabbath Blood Sabbath" e o segundo quando, ao virar o vinil entra o riff de "Killing Yourself to Live", coisa que não se tem no CD ou mp3, mesmo porque falta o ritual do "virar o vinil" e geralmente se está fazendo outra coisa enquanto se escuta.


Destaques:
"Sabbath Blood Sabbath", "Sabbra Cadabra" e "Killing Yourself to Live".


"Burn" (1974) - DEEP PURPLE

Neste álbum o PURPLE apresenta ao mundo o que mais tarde seriam dois das maiores vozes do rock, e também influência de grandes vocais que temos hoje, DAVID COVERDALE e GLENN HUGHES. É também o álbum mais pesado do PURPLE, é só ouvir a levada da faixa título, ou então a monstruosa e melódica "Mistreated" e saberá do que estou falando.

Destaques:
"Burn", "Sail Away" e "Mistreated".

======================================================================

Na próxima semana tem a segunda parte, que é onde começam a aparecer as bandas já voltadas ao estilo influência das pelas já citadas. Bandas como JUDAS PRIEST, KISS, SCORPIONS, UFO e outras que deram origem a outras vertentes do heavy metal, como o hard rock e o progmetal.
Até semana que vem!!!





Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário