8 de julho de 2013

[Resenha] ROSA TATTOOADA: Mais um show histórico em Caxias do Sul

[Resenha] Por Geraldo Andrade


O ROSA TATTOOADA em 2013 está completando 25 anos de muito hard rock. A banda é um dos maiores nomes do hard brasileiro, influência para milhares de bandas. E nada melhor que comemorar esses 25 anos e mais o lançamento do novo clipe: “O Inferno Vai Ter Que Esperar”, com imagens do show de abertura do show do KISS, em 2012, em Porto Alegre, na cidade do primeiro show da banda, a bela Caxias do Sul. 

Entrevista para TV Caxias
Show marcado para sábado, 06 de Julho, no Vagão Classic, casa tradicional na cidade de Caxias do Sul, amanhece um dia quente para época do ano, na parte da manhã, fazia 24 graus, um céu azul e um dia assim, prometia uma grande noite, perfeita para esse show tão especial.

A banda chega ao Vagão Classic, às 19 horas e 30 min., só da tempo de descansar alguns minutos e já partir para uma entrevista rápida para a TV Caxias, onde falaram da história da banda e convocaram todos para o show e para assistirem o mais novo clipe.

Palco montado, instrumentos prontos, a banda sobe ao palco para a passagem de som, e de cara se ouvia uma banda afinadíssima, feliz por estarem vivendo esse grande momento, e não me canso de repetir, o ROSA TATTOOADA vive um dos seus melhores momentos nesses 25 anos.

Na passagem de som, são tocadas poucas musicas, entre elas, 02 que estarão no próximo álbum da banda e novamente digo que esse álbum vai ser um dos melhores da banda, vai ficar na história, tive oportunidade de escutar algumas delas, e o que ouvi foi um hard poderoso e grudento, bem ao estilo ROSA TATTOOADA. Vai ser uma aula de hard rock!

Hamburgueria Jaime Rocha
Passagem de som ok, hora de jantar, mas antes, uma rápida passada no hotel, para descarregar as malas e descansar alguns minutos. A Janta é na Hamburgueria Jaime Rocha, a casa de lanches mais rock n roll da cidade, quem já foi, sabe o que estou falando. Todos se divertem, conversamos, saímos satisfeitos com a janta, mas, está na hora de voltar para o hotel, é quase meia-noite, show marcado para 01 da manhã. A banda descansa mais um pouco e logo começam a se preparar para o show, acertam o visual e os últimos detalhes da apresentação.

Começa a chover em Caxias do Sul, na chegada ao Vagão Classic, poucas pessoas na entrada do bar, mas quando entramos se via uma casa com muita gente, todos ali reunidos para esse grande momento. Foi perfeito, encontrei amigos, músicos, novos amigos, um clima perfeito, para uma noite perfeita. Um detalhe, a grande presença de meu grande amigo Marco Paim, parceiro de Heavynroll, amigo de longa data. Jacques Maciel, Valdi Dalla Rosa e Dalis Trugillo, atendem os fãs, tiram fotos, conversam com todos, no velho estilo ROSA de atender aos fãs, com muito carinho e atenção, a banda da mais um show nesse momento.

Antes do show, teríamos a apresentação pela primeira vez, do tão esperado novo clipe da banda, imagina a alegria dos fãs da banda, por saberem que a banda escolheu Caxias do Sul, para a festa de lançamento, isso vai ficar para sempre no coração dos fãs.

Anunciando o Videoclipe
Jacques, Valdi e Dalis sobem no pequeno palco e apresentam o clipe, Jacques Maciel explica o motivo da escolha de Caxias e conta um pouco de como é o clipe e como foi à produção, e a recepção? O Vagão inteiro gritando “Rosa, Rosa, Rosa, Rosa”, e se via o sorriso estampado no trio mais hard rock do Brasil, o ROSA TATTOOADA estava em casa.

O clipe é simples, como disse Jacques Maciel, mas, ao mesmo tempo é lindo, foi captado aquele momento único que a banda viveu, na abertura do show do KISS, um “velho” clássico, com imagens da apresentação da banda e um momento histórico, de arrepiar.

Hora do show, a casa já estava com muita gente, todos com “sede” de ROSA TATTOOADA, o set list prometia ter musicas que a galera pede, musicas que a banda não tocava algum tempo, então dava para esperar algo “matador”.

Na Estrada” da inicio ao show, para delírio dos fãs, clássico! “Fora de Mim, Dentro de Você”, uma das minhas favoritas da banda, deu sequencia, logo seguida de “Rendez Vous”, iniciam com 3 musicas direto sem intervalo, deixando o publico enlouquecido.

Jacques Maciel comenta o porquê de o show ser em Caxias do Sul, a importância da cidade na história da banda, faz um pequeno “elogio” aos políticos caxienses, ainda o assunto da interdição do Vagão, para delírio de todos ali presentes, o cara é o melhor frontman do hard rock brasileiro, isso é certo!

Poção”, “Um Milhão de Flores”, “Dolar na Calcinha” e “Voando Baixo”, são as próximas, a essa altura o Vagão estava completamente enlouquecido com o que estava presenciando, uma das melhores apresentações da banda.

Uma das musicas mais pedidas nas apresentações da banda, foi a próxima, não preciso dizer que todos cantaram junto “Diamante Interestelar”, novamente um momento de arrepiar e emocionar a pessoa mais fria do mundo. A seguinte é mais uma pouco tocada nos shows da banda: “Cama de Arame Farpado”, não preciso falar como foi à reação, né? Dava para ver a alegria estampada no rosto do publico.


A partir daí, começam clássico e mais clássico: “Tardes de Outono”, “Canção do Deserto” e o clássico dos clássicos, “O Inferno Vai Ter Que Esperar”, com TODO publico presente cantando, ou melhor, “berrando” a letra, que faz com que Jacques Maciel nem precise cantar, momento lindo, mais um de arrepiar, com o maior clássico da banda.

Um momento de homenagem em “Voltando Pra Casa”, onde Jacques Maciel entrega a guitarra para seu roadie Kako Rachewsky, uma bela homenagem para uma das figuras mais queridas da família ROSA, e posso dizer que Kako “destruiu” na guitarra, trazendo um peso para o clássico. Jacques Maciel pós-show, comentou no Facebook: “Grande preza! O Kako tocou pra c......!”.

A banda se despede, mas logo volta para um bis fantástico, que começa com a pesada “Carburador”, cada show que passa, essa musica vai se tornando uma das musicas mais pedidas da banda. Junto com “O Inferno Vai Ter Que Esperar”, são em minha opinião, as melhores musicas da história da banda.

E infelizmente, o que é bom termina, e a banda fecha com o hino “Rock n Roll Até Morrer”, o Vagão Classic tremeu demais, novamente um show do publico presente, cantando junto com Jacques Maciel.

Termina, mais um, show histórico e novamente em Caxias do Sul, uma cidade importante na história da banda. O trio fica alguns minutos no camarim e logo voltam para atender todo publico ali presente, com fotos, lembranças e autógrafos, era uma verdadeira reunião em família, a FAMÍLIA ROSA.

Passagem de Som
Marco e Márcia Paim com o Rosa Tattooada



Marco Paim e Geraldo Andrade


Um comentário:

  1. GEGEEEEEEEEEE !!!!

    Sim sim sim o show estava totalmente perfeito!!

    Tudo muito incrível...a banda ROSA TATTOOADA é realmente um orgulho para nós roqueiros gaúchos!!

    ResponderExcluir