20 de outubro de 2013

[Resenha] GEOFF TATE´S QUEENSRYCHE - Monsters of Rock Brasil - (20/10/2013)

[RESENHA] Por Marco Paim


Se a banda se chamasse GEOFF TATE, banda solo do vocalista, eu não ficaria tão surpreso de ver as músicas serem executadas da maneira que foi. Mas quando essa banda se intitula QUEENSRYCHE, uma banda com um histórico de perfeição em apresentações ao vivo, fica claro que há alguma coisa errada aí, e não dá para engolir. Aproveitando o gancho, vou deixar bem claro que esta banda que vimos no Monsters, pra mim, não é o RYCHE, a não ser que o tal juiz decida que seja.

A banda já começa atravessada em "Best I Can", mas até aí, tudo bem, o problema é que essas "atravessadas' se repetiram em várias músicas, deu pra ver que a banda não está tão entrosada assim. Do repertório não dá para reclamar, Geoff sabe muito bem que o fã brasileiro tem muito apreço pelo material antigo da banda e por isso se limitou a tocar apenas 2 músicas recentes, "Cold" do seu "Frequency Unknown" (2013) e "Big Noize" do "Dedicated to Chaos" (2011), o restante do set foi focado nos álbuns "Operation: MindCrime" (1988) com "Breaking the Silence", "I Don´t Believe in Love", "The Mission" e "Eyes of a Stranger", e "Empire" (1990) com "Best I Can", "Jet City Woman", "Another Rainy Nights (Without You)", "Empire" e "Silent Lucidity". 

Eu sou muito fã de Geoff Tate, o considero uma das minhas influências e gostei de sua apresentação individual, mesmo com um sol forte na cara, mandou muito bem, dentro das limitações que a idade está lhe impondo, já a a banda, apesar de contar com grandes nomes do rock, como os irmãos Rudy e Robert Sarzo e o baterista Simon Wright, vi uma banda que não está a altura do nome que ostenta, infelizmente.

Set-List
01. Best I Can
02. Breaking the Silence
03. Cold
04. Another Rainy Nights (Without You)
05. Big Noize
06. The Mission
07. I Don`t Believe in Love
08. Silent Lucidity
09. Jet City Woman
10. Empire
11. Eyes of a Stranger

Line-up
Geoff Tate - voz
Robert Sarzo -guitarra
Kelly Gray - guitarra
Rudy Sarzo - baixo
Randy Gane - teclados
Simon Wright - bateria

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário