8 de dezembro de 2013

[Resenha] ALIANÇA REBELDE - Bukus Anexo / Show de 25 Anos - (07/12/2013)

[RESENHA] Por Marco Paim


Neste sábado, os saudosistas, nostálgicos e apreciadores o bom e velho rocknroll puderam conferir um dos melhores shows do ano em Caxias do Sul, com uma das maiores lendas do rock gaúcho, o ALIANÇA REBELDE, que comemorava seus 25 anos de estrada em grande estilo.

A banda começou sua história em 1988, sempre com um rock pesado em português e letras que, como eles costumam dizer, "celebravam os prazeres da vida", mais especificamente as bebedeiras e festas.

O show aconteceu na excelente casa Bukus Anexo, e de cara posso dizer que a sonoridade do show estava impecável, mas não posso dizer o mesmo do DJ, que desfilou um repertório totalmente fora do contexto da noite, com um irritante rockabilly 50`... A abertura do evento ficou por conta da banda VULKANIANOS, mas infelizmente cheguei muito tarde e não pude apreciar a apresentação dos rapazes.

Cheguei exatamente no intervalo das 2 bandas, e logo o ALIANÇA subia ao palco com sua formação atual, contando agora com o grande Rodrigo Parisotto nos vocais, e logo começa o desfile de grandes clássicos da banda como "Eu Só Quero Um Pouco de Paz", "Todo Mundo Precisa de Um Bar", "Supercopo de Cuba" e "Sóbrio Por Um Dia", ao todo, Parisotto cantou magistralmente as 7 primeiras músicas, e devo ressaltar novamente que estava tudo impecável, tanto o som quanto a performance da banda.

Mas grandes surpresas viriam a seguir, Rodrigo Parisotto deixa o palco e então a banda anuncia a primeira participação especial da noite, o vocalista Rossano Agostini da banda BEIJO VULGAR, que cantou a clássica "Fígado de Aço", levando todos a loucura. Confesso que me surpreendi com a performance do Rossano, que fazia um tempo que não via cantar e mandou muito, tanto no vocal quanto na sua desenvoltura no palco.

Depois chegou a minha vez, sim, a MINHA vez, fui convidado pelo meu grande amigo e baixista da banda, Sr. Lonis, para cantar a música "Rápido e Violento", um som mais Lado B da banda, e também mais pesada. E foi muito massa!!! Esta é a segunda vez que participo de uma confraternização do ALIANÇA. Em 2009 gravei a música "Sem Talco" no CD tributo a banda, e também tive a honra de participar do lançamento.

Saio do palco feliz da vida para dar espaço a grandes monstros do metal gaúcho e brasileiro, Niuton Paganella e Paulo Schroeber, ambos do HAMMER 67, que executaram a música "Martelinho 67" de forma apocalíptica! Neste momento o Bukus já era cabeças, braços e pernas voando pra todos os lados. A música em questão foi gravada pelo grupo no primeiro trabalho, "Mentall Illness" de 2010 e também deu origem ao nome da banda. Houve alguns problemas técnicos durante o solo do Paulo, infelizmente, mas logo resolvido. E quando estavam prestes a deixar o palco, Paulo puxa o riff de "Trogloditas do Trago", música que não estava no setlist, e logo foi acompanhado por Paganella e o ALIANÇA. Uma performance inusitada!

Paganella, visivelmente emocionado, após um breve discurso sobre a importância do ALIANÇA REBELDE no rock gaúcho e caxiense,, anuncia a participação do vocalista original da banda, Butina, para delírio e nostalgia de todos, e juntos cantam a arrastada e hilária "Gelo".

Depois disso, foi uma volta no tempo, com a banda executando a música "Mestre do Amor Vulgar", "Sem Talco", esta com a participação do primeiro baixista da banda, o Tutty. Depois ainda vieram a agressiva e pesada "Besta Humana Incontrolável" e "Café Preto Com Graspa", e então a banda se despede e deixa o palco.

E após um público extasiado pedir incessantemente "mais um, mais um, mais um.." e depois "Aliança, Aliança, Aliança...", a banda volta ao palco com mais uma participação especial, o guitarrista Rafa Dannenhauer, da extinta banda REVOLVER, para executar as clássicas "Drink Fantástico" e "Rock n´Roll Baco". Mas ainda tinha o fechamento com chave de ouro, quando a banda convida a quem quiser para subir ao palco e cantar junto a última música, "Quero Cerveja". Nem preciso dizer que foi uma grande festa.

Muitos irão dizer que faltou músicas, como "Alcool Roll", "Trem Bala", "Metendo Bala", "Dr. Ressaca" e etc... Mas são 25 anos, mais de 50 músicas gravadas, e na grande maioria grandes registros, precisaria de umas 5 horas de show, pelo menos. Mas o que não podem negar, é que foi um show histórico, uma apresentação de alto nível e muito profissional, com músicos que já não são nenhuma piazada, e merecem nosso devido respeito.

Parabéns ALIANÇA, e obrigado por este grande legado!

===================
Formação atual ALIANÇA REBELDE

Parisotto - vocal
Saretta - guitarra
Lonis - baixo
China - bateria

ALIANÇA REBELDE e Amigos - 25 Anos
Setlist
01. Eu Só Quero Um Pouco de Paz
02. Louca Boemia
03. Todo Mundo Precisa de Um Bar
04. Nova Dose
05. Supercopo de Cuba
06. O Nosso Tempo é Curto
07. Sóbrio Por Um Dia
08. Fígado de Aço - (com Rossano)
09. Rápido e Violento - (com Marco Paim)
10. Martelinho 67 - (com Niuton Paganella e Paulo Schroeber)
11. Trogloditas do Trago - (com Niuton Paganella e Paulo Schroeber)
12. Gelo - (com Niuton Paganella)
13. Mestre do Amor Vulgar - (com Butina)
14. Sem Talco - (com Butina e Tutty)
15. Besta Humana Incontrolável - (com Butina)
16. Café Preto Com Graspa - (com Butina)
Bis
17. Drink Fantástico - (com Butina e Rafael Dannenhauer)
18. Rock n´Roll Baco - (com Butina e Rafael Dannenhauer)
19. Quero Cerveja - (com Butina)

==========
Obs: Fotos captadas pelo meu celular.






























Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário