15 de março de 2014

[Resenha] KAPPA CRUCIS - "Rocks" (2014)

[RESENHA] Por Marco Paim


Nos primeiros acordes você já nota a intenção da banda, aquele rock pesado, sombrio e  bem setentista, lembrando uma mistura de bandas como o URIAH HEEP e BLACK SABBATH, inclusive a sonoridade do álbum nos remete a este período, com direito a teclados e tudo o mais. O KAPPA CRUCIS é uma banda de rock, com muita coisa do prog, com isso as guitarras não tem aquele peso todo, mas tem algumas referências do metal dos inicio dos anos 80`, de bandas como o MERCYFUL FATE. Na verdade estou tentando achar um "rótulo" para o que a banda faz, mas acho que fico nas referências mesmo.
Mas já adianto que o diferencial do som da banda é o vocal. G. Ficher é um cara sem esteriótipo, com uma voz bem peculiar e que casa muito bem com o estilo do grupo. Além disso, é um ótimo guitarrista, o cara fez um trabalho tão legal e de bom gosto, e as vezes parece serem duas pessoas tocando.

Os meus destaques ficam por conta da sombria "What Comes Down", "Mecathronic" e seu clima bem URIAH HEEP, "Invisible Man" que já puxa mais para o lado LYNYRD SKYNYRD e alguma coisa de JUDAS PRIEST nos primeiros álbuns. A macabra "Strange Soul' com uma levada muto bacana e um riff de guitarra muito marcante, sem contar a melodia vocal bem cativante, penso que deva se tornar um hit. 
A rápida "Nobody Knows" e suas mudança de ritmos e climas, aliás, uma das melhores, com ótimas frases de guitarras e baixos, aqui a banda "prega fogo", surpreende a cada mudança de levada. E por fim, "When the Legs are Wheels", que é totalmente URIAH, muito boa.



O álbum foi gravado no Ger Som Estúdio em Itapeva com a masterização feita no Vertex C Studios, em Montreal, Canadá, por Jera Cravo. E aí vem a minha crítica. Apesar da banda tocar muito bem e ser uma gravação limpa e bem produzida, algumas coisas poderiam ser mais balanceadas, por exemplo o teclado, onde apenas os agudos foram realçados, deixando os graves escondidos, ao contrário da bateria, que ficou um pouco mais em evidência quanto aos outros instrumentos. Mas isso não desvaloriza a obra, é mais uma questão de gosto pessoal mesmo.
Com o "Rocks", O KAPPA CRUCIS conseguiu firmar seu estilo, e baseando-se no lançamento anterior, vemos uma evolução acendente e que poderá render grandes trabalhos no futuro.

KAPPA CRUCIS - "Rocks" (2014)
(Independente)
Tracklist:
01. What Comes Down
02. Mecathronic
03. School of Life
04. Invisible Man
05. Strange Soul
06. Flags and Lies
07. Nobody Knows
08. Between Night and Day
09. When the Legs are Wheels
10. The Braves and the Fools

Line-up:
G. Fischer - Guitarra, vocais
R. Tramontin - Baixo, backing vocals
A. Stefanovitch - Teclados, backing vocals
F. Dória - Bateria, vocal de harmonia
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário