9 de julho de 2014

[Resenha] HIBRIA - Show - Aristos London House - (05/07/2014)

[RESENHA] Por GERALDO ANDRADE


Depois de muito tempo de espera, e de uma enorme expectativa, em Caxias do Sul, chegava o tão esperado show, daquela que é considerada, uma das melhores bandas de metal do Brasil: HIBRIA.

A última apresentação da banda na cidade foi em 2012, então eram praticamente 02 anos de espera, imagina a ansiedade dos fãs e do publico headbanger da serra gaúcha.

Depois de uma semana de chuva, até parece obra dos deuses do metal, o sábado (05/07) amanheceu um dia lindo, quente e com muito sol, até isso começava a ajudar, esse que certamente seria um dos melhores shows já vistos na cidade. Durante esse tempo de espera, conversei várias vezes com Iuri Sanson, Renato Osorio e Eduardo Baldo, e a expectativa deles era grande e não viam a hora desse dia chegar.


Com um Meet & Greet, marcado na Loja Matrix, a banda chega à cidade perto das 17 horas, na loja já estavam alguns fãs, na espera de conseguir um autógrafo, foto e um abraço de seus ídolos. E todos são muito bem recebidos pelo HIBRIA, é muito legal ver esse relacionamento fã/ídolo, e a banda sabe fazer isso muito bem, se via o sorriso estampado no rosto dos fãs, a maioria jovem, isso é muito bom, como sempre mostra que o metal nunca vai morrer. Converso com Iuri, com meu grande amigo  Renato OsorioEduardo Baldo e com Abel Camargo, falamos de como estava à expectativa dos fãs, da movimentação em torno do show, uma conversa muito bacana. 

Após atender os fãs, a banda segue até o Aristos London House, a pé, e aproveitam para conhecer um pouco do centro de Caxias do Sul e suas belezas, todos ficaram encantados com a cidade. O baixista Benhur Lima mora na cidade e era um dos que servia de “guia turístico”. Era engraçado de ver, muitas pessoas curiosas, olhando aquele “bando de cabeludos” caminhando numa das principais ruas da cidade.

18 horas e 15 minutos a banda chega ao Aristos, um lugar novo para eles, seria a primeira vez que tocariam ali. Chegando lá, a equipe do HIBRIA, já estava montando o palco, enquanto isso aproveitamos para assistir Holanda x Costa Rica, a maioria da torcida era para seleção holandesa (risos). Terminado o jogo, estava na hora de dar o toque final, a banda sobe no palco e mostra todo seu poderio, ali já dava para se ter uma noção, do que teríamos mais tarde, que som poderoso, é algo fora do comum à qualidade de todos os músicos da banda.

São 21 horas e 30 minutos, chegara uma das horas mais esperadas: a janta (risos), que seria ali mesmo no Aristos. Enquanto o HIBRIA jantava, a GARAGE INC. (METALLICA Cover), banda que faria a abertura, prepara sua parte no palco, e os caras estavam muito ansiosos para tocar, imagina a responsabilidade.

O HIBRIA depois da janta ficou ali mesmo no Aristos, descansando e se preparando no camarim. Enquanto isso a fila fora do bar já era enorme, dobrava a quadra, era bonito ver aquelas camisas pretas invadindo Caxias do Sul, esse é o poder do HIBRIA. Fica o registro de muitos fãs de outras cidades estavam presente no show, como Porto Alegre, Uruguaiana, Bom Principio todos ali, esperando para assistir essa grande banda.

As portas do Aristos abrem às 23 horas, e logo começa a encher a casa, todos correndo, para conseguir aquele lugar grudado no palco e logo o ambiente começa a ficar cheio, novamente era bonito de ver. Alguns compravam materiais da banda, que estavam à venda no show, como CD´s, camisetas e cachaça, sim, a cachaça do HIBRIA!


E chegava a hora, eram passados alguns minutos da meia-noite e a GARAGE INC. (METALLICA Cover), sobe ao palco para começar o show de abertura. Confesso que nunca tinha assistido os caras ao vivo e me surpreendi com o que vi, bem que já tinham me avisado, os caras são bons. Que sonzeira, que baita show, parabéns a Edena Produções, por ter escolhido uma ótima banda para fazer essa abertura. Tocaram clássicos e mais clássicos do METALLICA, como “Master of Puppets”, “One”, “Blackened” e outras. No final do show, ouvi muitos comentários: “Que baita banda”, “Gostei muito”, a banda deu seu recado e muito bem. Pois fizeram um grande show, que serviu perfeitamente para aquecer os fãs do HIBRIA.

Enquanto o palco da abertura era desmontado, vou até o camarim do HIBRIA, lá estavam todos concentrados, unidos, prontos para subirem no palco. É muito bacana a união que a banda tem alguns minutos antes de subirem no palco, eles fazem uma roda, se abraçam todos unidos, passando aquela energia positiva, isso é HIBRIA!

Já eram passados alguns minutos da 01 hora da madrugada de domingo, e para alegria de todos ali presentes, uma das melhores bandas de metal do Brasil, sobe no palco, o HIBRIA chegou! 

Com “Silent Revenge” começa a destruição, que som vinha do palco, essa hora muitos pescoços começavam a ficarem doloridos, todos ali presentes batiam cabeça, era uma verdadeira loucura. Todos se olhavam e não acreditavam no que estavam vendo!
Sem deixar ninguém parado, vem “Nonconforming Minds” e na sequencia, duas que quase botam o Aristos abaixo, as poderosas “Silence Will Make You Suffer” e a minha favorita “Welcome To The Horror Show”. Também tivemos “Lonely Fight”, onde o vocalista Iuri Sanson, lembra que a primeira vez que a banda tocou essa música ao vivo, tinha sido em Caxias do Sul, para delírio de todos ali presentes.
Um dos destaques da noite foi a musica que dá o titulo, ao mais novo clipe da banda: ”Shall I Keeo On Burning”, com todos ali presentes, cantando junto com a banda, foi de emocionar.
Infelizmente, tudo que é bom acaba rápido, as duas ultimas pedradas são as poderosas “Shoot Me Down” e “Tiger Punch”, encerrando, com certeza, um dos melhores e mais pesados shows que já aconteceu em Caxias do Sul.



E a banda? O que falar desses músicos fantásticos? Iuri Sanson, em minha opinião, é um dos melhores vocalistas do metal mundial, que baita presença de palco, simpatia em pessoa, tem o domínio do publico em todo show. A dupla de guitarrista Abel Camargo e Renato Osorio, são simplesmente fantásticos, você tem que ficar de olho grudado no que fazem, é algo inacreditável o som que sai das guitarras, uma das melhores e mais entrosadas duplas de guitarrista do Brasil. A “cozinha” com o baixista Benhur Lima e o fantástico Eduardo Baldo, beira a perfeição. Baldo é um monstro no que faz, destrói, o Aristos tremeu por “culpa” dele (risos). Uma banda que atingiu um nível fantástico, com músicos fantásticos, musicas poderosas, que nós gaúchos, podemos gritar bem alto e com orgulho: HIBRIA É DO SUL! 
Após o show, temos outro show, de simpatia, de atenção e de carinho com os fãs, por parte do HIBRIA, que recebe todos os fãs e amigos, para um abraço, uma conversa e muitas fotos.

Outro destaque foi à organização do evento, que foi feita pela Edena Produções, acompanhei tudo, praticamente vi nascer à ideia desse show, e tudo saiu perfeito, no mínimo detalhe, publico e banda, eram só elogios para a produção! Parabéns Cassio Lima.
E o publico? Que show! Muitas pessoas que lotaram o Aristos, como já disse anteriormente, pessoas de várias cidades do Rio Grande do Sul, um verdadeiro exercito de fãs do HIBRIA, que vieram de carro, Vans e ônibus, tudo para ver uma das melhores bandas de metal do Brasil, numa das cidades mais rock and roll do Brasil!
É hora de ir embora, descansar, pescoço doído, mas feliz por ter assistido um dos melhores shows que Caxias do Sul já presenciou.

Obrigado HIBRIA!


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário