14 de julho de 2014

[Resenha] PRIMAL FEAR - "Delivering the Black" (2014)

[RESENHA] Por MARCO PAIM


Em minha opinião, o melhor álbum lançado neste ano até agora! Uma obra prima!

A banda vinha lançando uma sequência de altos e baixos, como o fraco "New Religion" (2007), o espetacular "16.6 (Before the Devil Knows You´re Dead)" (2009), o novamente fraco e com gosto duvidoso "Unbreakable" (2012). Mas neste ano o PRIMAL FEAR acerta a mão novamente em "Delivering the Black", trazendo a sonoridade do início de carreira aos tempos atuais, com composições trabalhadas e com muita musicalidade, porém cruas e diretas.
O PRIMAL FEAR é a banda que, em minha opinião, consegue honrar o legado do JUDAS PRIEST com perfeição, as influências são claras, principalmente na voz de Ralf Scheepers, que é fã declarado e do qual a idade só está lhe fazendo bem. Vemos Ralf com um timbre belíssimo, não exagerando nos agudos como outrora, mais técnico e explorando muito mais a sua versatilidade nos graves e drives. Coisas que o tempo e a experiência lhe proporcionou o tornando em uma das maiores vozes do metal em todos os tempos. Só que, talvez por ele não ser britânico ou americano, este reconhecimento não seja tão evidente.
A produção do álbum, feita pelo baixista e vocalista Mat Sinner, é impecável, pra fora e pesado, valorizando cada instrumento e cada momento. Méritos também de Jacob Hansen, responsável pela mixagem e masterização.

Destaques
Realmente fica difícil destacar músicas neste álbum, visto que é uma obra espetacular por inteiro. Mas posso listar minhas preferidas, como a rápida e fodástica "Rebel Faction", onde Ralf manda ver. a arrastada e pesada "When Death Comes Knocking", que possui um refrão "emoção total". Seguindo a linha "Battlalions of Hate" e "Killbound", temos "Alive & On Fire", uma das que mais gosto no álbum, pegada e cadenciada, lembrando muito o ACCEPT.
A minha preferida do CD, "Road to Asylum" é o que mais sintetiza o legado deixado pelo JUDAS PRIEST, com uma pegada digna do álbum "Painkiller", é claramente inspirada por "Hell Patrol", em tercina, passa uma emoção a parte. E novamente, Ralf mostra a que veio.
Essas são minhas "preferidas", porém, todas são ótimas, pode-se escutar o álbum por inteiro sem medo e sem arrependimento, aliás, difícil não escuta-lo mais de uma vez no mesmo dia.



Se você, que se acha "conhecedor" de heavy metal e não conhece a obra de PRIMAL FEAR, então, me desculpe, "conhecedor" não é a palavra que o define. Ao longo de toda a sua história, como qualquer banda alemã que se prese, o PF fez seu som honesto e direto, salvo alguns deslizes de percurso onde a experimentação se fez necessária, mas a experiência só fez bem a sonoridade do grupo. "Delivering the Black", repito, é o melhor até agora (Julho/2014). Recomendadíssimo!!

============================
PRIMAL FEAR - "Delivering the Black" (2014)
Tracklist
01 - King For A Day
02 - Rebel Faction
03 - When Death Comes Knocking
04 - Alive & On Fire 
05 - Delivering The Black
06 - Road To Asylum
07 - One Night In December
08 - Never Pray For Justice
09 - Born With A Broken Heart
10 - Innocent Man (Bonus Track)
11 - Inseminoid
Bônus
12 - Man Without Shadow (Bonus Track)
13 - When Death Comes Knocking (Single Edit)
14 - Born With A Broken Heart (Edit Version) (Bonus Track)

Line-up
Ralf Scheepers - vocal
Mat Sinner - baixo/vocal
Magnus Karlsson - guitarra
Alex Beyroot - guitarra
Randy Black - bateria

Link




Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário