21 de setembro de 2014

IRON MAIDEN - Discografia - Os Melhores e os Piores


Formada em 1975 em Londres, Inglaterra. o IRON MAIDEN é uma das bandas mais influentes de todos os tempos. Em sua discografia, vemos uma banda que se manteve fiel ao seu estilo de composição mas que procurou evoluir gradativamente apurando a sua música e se tornando mais progressiva nos últimos anos. Abaixo a discografia por importância e gosto pessoal. Confira:

IMPERDÍVEIS!

"Seventh Son of a Seventh Son" (1988)

Claro que o primeiro da lista não podia ser outro. Este álbum foi o ápice da chamada "Golden Era" da banda. Ele representa um "antes e depois" na carreirr do grupo, com composições fortes e maduras, com performances fantásticas do começo ao fim do álbum. É uma grande obra por inteiro.

"Powerslave" (1984)

Talvez o álbum mais pesado da carreira da banda, o "Powerslave" traz um IRON MAIDEN quase power metal, com músicas rápidas e riffs marcantes. Aqui temos clássicos como "Aces High" e "2 Minutes to Midnight", além das épicas "Powerslave" e a apoteótica e longa "The Rime of the Ancient Mariner"; Leia a nossa Resenha AQUI

"The Number of the Beast" (1982)

Este é o álbum que levou a banda ao patamar mundial e foi a estreia magistral do vocalista Bruce Dickinson, que o apresentou ao mundo. Aqui temos ainda a remanescência da primeira fase da banda, porém mais trabalhada e apurada. Este álbum é clássico como um todo.

"Piece of Mind" (1983)

O peso começava a tomar mais espaço nas composições e produções da banda. Músicas como a épica "Where Eagles Dare", "Revelations",  "Flight of Icarus" e a clássica "The Trooper" não deixam mentir.


"Somewhere in Time" (1986)

O experimentalismo típico desse período (85-87), onde muitas bandas se renderam as novas tecnologias como sintetizadores e samplers,  também afetou o MAIDEN. É um ótimo álbum, com grandes canções e hits icônicos, como "Wasted Years" e "Strange in a Strange Land". É um álbum marcado por exageros, mas como a banda estava fodástica nessa época, mesmo assim, tudo soou perfeito. O que dizer de "Alexander the Great"?


"Live After Death" (1985)

Um dos melhores álbuns ao vivo de todos os tempos, traz o resultado do que foi a maior turnê da banda e mesmo de uma banda de heavy metal até então, o "World Slavery Tour", que passou inclusive no Brasil na primeira edição do Rock in Rio. Versões de músicas como "Rime of the Ancient Mariner", "22 Aciacia Avenue", "Wrathchild", "Hallowed be Thy Name", "Children of the Damned" e "Phanton of the Opera" são arrasadoras e meus principais destaques.

"Killers" (1981)

Cru e direto, "Killers", pra quem não sabe, é o primeiro registro conceitual da banda. As músicas, apesar da influência punk, com a entrada de Adrian Smith, ganharam arranjos mais complexos. Digamos que é o único registro "decente" que temos de Paul DiAnno. "Whratchild", "Murders in the Rue Morgue" e "Killers" são os principais destaques, porém a instrumental "Genghis Kan" e "Ennicent Exile" também tem seu valor. Isso sem contar a grandiosa "lado B" "Twilight Zone".

"Brave New World" (2000)

Esse álbum marca o retorno de Bruce Dickinson e Adrian Smith à banda depois de um período obscuro nos anos 90 (pro Maiden é claro). A banda voltava a "velha forma", porém com um estilo um pouco mais voltado ao progressivo, que se acentuou a seguir. A voz de Dickinson está soberba e a banda demonstra vontade. De cara emplacam "The Wickerman", simples e direta, com um refrão grudento. Destaques também para "Ghost of the Navigator", "Brave New World" e "Dream of Mirros".

"A Matter of Life and Death" (2006) 

É um álbum contestado, mas em minha opinião, é o melhor dentre os mais recentes. Temos composições mais elaboradas e diferenciadas, além de uma produção primorosa (pelo menos eu percebo isso...). Destaco "The Pilgrin", "The Longest Day", a maravilhosa "The Reicarnation of Benjamin Breeg", "Lord of Light" e a épica "The Legacy"



MUITO BONS!

"No Prayer for the Dying" (1990)
"The Book of Souls" (2015)
"The Final Frontier" (2010)
"Dance of Death" (2003)
"Fear of the Dark" (1992)
"En Vivo!" (2012)

BONS!

"Iron Maiden" - (1980)
"Death on the Road" (2005)
"The X-Factor" (1995)

CUIDADO!

"Virtual XI" (1998) 

ESQUEÇA!

Não chegaram a esse ponto... ainda.


================
   photo ROCKPEDIA.jpg



Comentários
0 Comentários