27 de janeiro de 2015

[Resenha] ANGRA - "Secret Garden" (2015)


Depois de muitas reviravoltas na carreira do grupo e um possível fim nas atividades com a saída de Edu Falaschi, após uma desastrosa apresentação no RIR2012, e de RICARDO CONFESSORI, pela segunda vez, a banda ressurge como Fenix em uma segunda volta por cima, onde reaparece com o gigante FÁBIO LIONE (Rhapsody of Fire, Vision Devine), a princípio como convidado para a turnê de 20 anos de "Angles Cry", e agora efetivado como membro da banda junto com o excelente baterista BRUNO VALVERDE.

"Secret Garden" tem uma sonoridade muito diferente de (quase) tudo que a banda já fez. É um álbum com uma vibe mais europeia e moderna. Traz muitas participações especiais de peso, como SIMONE SIMONS (Épica) e DORO PESCH (Doro), além de vozes de apoio de BRUNO SUTTER (Detonator) e ALÍRIO NETTO (Age of Artemis). RAFAEL BITTENCOURT também é responsável pelo vocal de algumas músicas, e manda muito bem. A produção também é gabaritada, com ROY Z na pré e o veterano JENS BOGREN nas gravações e produção final, o que faz com o que o álbum tenha uma sonoridade primorosa, pesada e robusta. 

Claro que de começo devo dizer que FÁBIO LIONE se encaixou como uma luva no estilo do ANGRA. Sua performance é matadora, ele colocou sua personalidade em linhas melódicas bem construídas onde o timbre de sua grandiosa voz faz a diferença a cada faixa.

O álbum em si é ótimo do começo ao fim, onde todas as músicas tem seus momentos grandiosos, mas devo destacar algumas das minhas favoritas, como a primeira faixa, "Newborn Me", que puxa para um prog power metal bem a cara da banda. Depois vem a rápida "Black Hearted Soul", um som vem na vibe europeia lembrando, obviamente, RHAPSODY OF FIRE (Principalmente no refrão), mas com o DNA do ANGRA.

"Final Light" é outra sonzeira, com uma grande interpretação de LIONE. Nessa você pode ouvir ao fundo a influência brasileira em percussões dando clima a levada da banda, Confira o clipe abaixo.

"Secret Garden" é uma balada pesada e conta com o timbre e interpretação da talentosa SIMONE SIMONS (Épica). Destaco aqui a belíssima harmonização da música.


Talvez a mais progressiva do álbum, "Upper Levels" traz uma influência muito marcante da banda YES, onde FÁBIO faz contra-pontos e harmonizações com os vocais de apoio, além de um grande trabalho de FELIPE ANDREOLI, que de arrancada enche nossos ouvidos com frases jazzísticas e BRUNO VALVERDE mostrando porque está na vaga, quebrando tudo e dando uma aula com ótimas frases e ritmos.

DORO PESCH aparece em "Crushing Room", outra balada progressiva e pesada, com um clima bem moderno e sombrio. Vale a pena ouvi-la mais pelas passagens melódicas de KIKO LOUREIRO e RAFAEL BITTENCOURT, que sempre impressionam. Aliás, falando nisso, é incrível a técnica e entrosamento desta dupla, que é uma das melhores no metal mundial, sempre com fraseados, solos e riffs criativos, harmoniosos e bem encaixados na proposta de cada música. 

"Secret Garden" é definitivamente um dos melhores álbuns da carreira da banda, do metal mundial e da história do metal brasileiro. Com certeza será um trabalho que atravessará o desgaste do tempo e se tornará um clássico. Recomendadíssimo e imperdível!

NOTA - 10
===========================
ANGRA - "Secret Garden" (2015)
tracklist
01. Newborn Me
02. Black Hearted Soul
03. Final Light
04. Storm of Emotions
05. Violet Sky
06. Secret Garden (feat. Simone Somons)
07. Upper Levels
08. Crushing Room (feat. Doro Pesch)
09. Perfect Symmetry
10. Silent Call

line-up
Fábio Lione - vocal
Kiko Loureiro - guitarra
Rafael Bittencourt - guitarra, vocal
Felipe Andreoli - baixo
Bruno Valverde - bateria

Convidados
Alessio Lucatti - teclados
Alirio Netto - vocal de apoio
Bruno Sutter - vocal de apoio

Links Relacionaods
FACEBOOK


==========================
(Editor / Redator / Músico)



Comentários
0 Comentários