15 de junho de 2015

[Resenha] ROSA TATTOOADA - Show - Ferrovia Live – Bento Gonçalves/RS (13/06/2015)

(Redator / Headbanger)
----------------------------


Dia 13 de Julho, praticamente 04 meses sem assistir a ROSA TATTOOADA, ultima vez que tinha assistido a banda, foi no dia 14 de Março, no Vagão Classic, em Caxias do Sul. Antes desse show em Bento Gonçalves/RS, eles já tinham feitos vários shows, mas, por motivos pessoais e profissionais, não consegui ir a nenhum deles, imaginem como eu estava (risos).

Durante a semana, recebi o convite, ou melhor, a convocação de Jacques Maciel, para comparecer no show que a banda faria em Bento Gonçalves/RS, no Ferrovia Live: “Queremos tu lá com a gente!”. Não pensei duas vezes e aceitei o convite (risos). Durante a semana, acertei a carona com os amigos Elaine e Cleber Rezzadori, também conhecido como o “Ceifador”, que me levariam a Bento Gonçalves.

O sábado começou nublado e, chegando a noite, a chuva chegou junto a serra gaúcha, mas isso não seria problema para o nosso objetivo, assistir ao vivo, um dos maiores nomes do hard rock brasileiro, a ROSA TATTOOADA.

Antes de iniciar a viagem, fizemos um pit-stop na Hamburgueria Jaime Rocha, em Caxias do Sul e degustamos o melhor lanche do Brasil. Alimentados, pegamos a estrada abaixo de muita chuva, a distância entre Caxias e Bento, é de aproximadamente 40 km, então a viagem seria tranquila e rápida.

Bento Gonçalves estava agitada, hotéis lotados, muitos turistas, era o ultimo final de semana da tradicional Expobento, uma feira que mexe muito com a cidade, então a chance de termos um grande público seria muito grande.

Chegamos ao Ferrovia Live, eu ainda não conhecia, perto da meia-noite, o show estava previsto para 01 hora e 30 minutos do domingo. Chegando lá, já vi que a coisa ia ser boa, ia ser uma baita noite de rock and roll.

Faço meus contatos e na chegada vou direto ao camarim da banda, conversar, abraçar e matar a saudade dos meus amigos Jacques Maciel, Valdi Dalla Rosa e Dalis Trugillo. A recepção é maravilhosa, como sempre, botando muita conversa em dia, rindo, bebendo e comendo mousse de chocolate (risos), isso se chama: Família Rosa Tattooada.


O público começa a chegar em grande número, e a casa começa a ficar praticamente lotada. Conversando com Jacques Maciel antes do show, ele me disse que tinham sido vendidos, muitos ingressos antecipados. Isso mostra a força da ROSA TATTOOADA, que tem um dos públicos mais fiéis que conheço, lá estavam fãs de Caxias do Sul, Farroupilha, Novo Hamburgo, Porto Alegre e muitas outras cidades, como sempre, é bonito de ver isso, essa paixão que os fãs têm por essa grande banda.

Enquanto a banda se prepara, da os últimos retoques para iniciar a apresentação, o pessoal do Ferrovia vem ao camarim e avisam que faltam 15 minutos para começar, dava para ver a empolgação da banda, rolam algumas fotos no camarim, com amigos, entre eles, Danilo Pizzato, uma das lendas do metal gaúcho e brasileiro, que fez história com as baquetas do grande LEVIAETHAN, nos anos 80, um encontro de gigantes!

Pontualmente 01 hora e 30 minutos a banda sobe ao palco, não preciso dizer que o Ferrovia quase vem abaixo, que grande recepção, que carinho do público, tudo começa com uma baita energia positiva, a noite seria histórica!

Como sempre o set list foi repleto de clássicos e mais clássicos, como “Rendez Vous”, “Fora De Mim, Dentro De Você”, “Na Estrada”, “Um Milhão de Flores”, a das antigas “Voltando Pra Casa”. Um grande momento do show foi em “Rezar Não Vai Te Livrar Do Fim”, do mais recente álbum da banda, "XXV", onde tivemos a participação mais do que especial do grande “Ceifador”, que da um toque especial à apresentação, o público delira com a “morte”, dançando e batendo cabeça, no palco e junto com a ROSA TATTOOADA, simplesmente fantástico!

A clássica “Tardes De Outono”, não podia faltar, e a banda faz o publico cantar junto, um dos maiores clássicos da sua carreira, que também é o mais recente vídeo clipe da ROSA TATTOOADA. A noite também teve covers e ótimos covers por sinal: “Cachorro Louco” (TNT), a perfeita e pesada “Helter Skelter” (Beatles) e “Born To Be Wild” (Steppenwolf), a galera presente enlouqueceu, foi de arrepiar!

A trinca final é com a pesadíssima “Carburador”, onde novamente a banda quase coloca o Ferrovia abaixo, definitivamente, um dos maiores clássicos da banda. O clássico dos clássicos não poderia faltar, porque não seria um show da ROSA TATTOOADA, e começa “O Inferno Vai Ter Que Esperar”, onde todos, mas, todos mesmo, cantam junto com Jacques Maciel, é um dos momentos mais emocionantes de um show da ROSA TATTOOADA. E infelizmente o show tem que terminar, e “Rock And Roll Até Morrer”, fecha com chave de ouro mais um grande e histórico show da Rosa Tattooada, na serra gaúcha. A banda vai para o camarim, e de lá, ouvimos “mais um’, “mais um”, isso é ROSA TATTOOADA, isso é rock and roll!

E a banda? Como sempre sou suspeito em falar, mas, estava em uma noite impecável, dava para ver no rosto deles, que aquela era uma noite especial, não canso de repetir, essa é a melhor formação da ROSA TATTOOADA, nos seus quase 27 anos de estrada.


Jacques Maciel estava impecável, tinha o publico nas mãos, fez uma disputa saudável de um GRENAL do publico, para ver se tinham mais colorado ou gremistas, deu empate (risos), ele vem ao microfone e diz que o time dele parou de jogar em 1969, os Beatles, para delírio de todos ali presentes. Um momento muito legal foi quando ele elogiando o Ferrovia, por abrir o espaço para o rock e o publico ali presente, perguntou ao publico: “Quem gosta de funk vai?” A resposta do publico foi uma só: “Vai se f....!” - “Quem gosta de pagode vai?”, mais uma resposta aos gritos: “Vai se f....!”. Foi divertido! Definitivamente uma lenda, um ícone do hard rock brasileiro!

Valdi Dalla Rosa é outro que dispensa apresentações, que “monstro”, que talento, que carisma, é impressionante o que ele faz com o baixo, é um dos melhores músicos do Brasil.

Outro “monstro” esta sentado atrás da bateria, o “demolidor” Dalis Trugillo, ele simplesmente destrói a bateria, sou muito repetitivo, mas, tenho que dizer isso novamente, é impressionante a evolução desse baterista, ele bota muito baterista que se acha f.... No bolso, ele é Dalis e pronto, não quer ser fulano de tal, ele simplesmente já marcou definitivamente o seu nome na história da ROSA TATTOOADA

Terminado o show, a banda recebe todos os fãs no camarim, rolam fotos, autógrafos, abraços, a relação mais perfeita do rock and roll: ROSA TATTOOADA e seus fãs. Ficar ali olhando aquele momento, tu fica impressionado com o carinho e respeito, entre banda e fãs, isso é ROSA TATTOOADA!

É, terminou, é hora de dar tchau, me despeço de todos, com a certeza de que vi mais um show histórico da ROSA TATTOOADA, e tenho a certeza de que todos ali presentes, saíram com o mesmo sentimento. Agora é pegar a estrada e com chuva, terminou mais um show, mas, não vejo a hora de chegar o próximo, obrigado ROSA TATTOOADA!

Que venha o próximo!










Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário