2 de outubro de 2015

[Resenha] NIGHTWISH - Show - Bar Opinião - Porto Alegre/RS (29/09/15)

(Redator / Headbanger)
----------------------------


Última vez que eu tinha assistido o NIGHTWISH ao vivo, foi no Festival Live In Louder, em Porto Alegre, em 2005, e foi uma experiência incrível, um grande show. Passaram os anos, a banda teve várias mudanças e, em minha opinião, hoje vive um dos seus melhores momentos de sua carreira.

Quando a Abstratti Produtora, confirmou a vinda da banda a Porto Alegre no dia 29 de setembro, logo me empolguei e decidi que estava na hora de voltar a ver a banda ao vivo. Eles estão em tour pelo Brasil, entre um dos shows, tivemos uma apresentação histórica no Rock In Rio, simplesmente um dos maiores festivais de música do mundo, que foi “destruidora”. 

Finalmente, depois de muita expectativa, chega o tão esperado dia, e dia de show é sempre especial, dia de pegar a estrada, dia de rever amigos e fazer novos amigos, isso é rock and roll!

Saímos de Caxias do Sul, com a Rupestre Turismo, as 15 horas e 45 minutos, a viagem é muito tranquila até a capital Porto Alegre, com direito a uma parada para um rápido lanchinho em São Sebastião do Caí.

Com um pôr do sol lindo, chegamos a Porto Alegre, no Bar Opinião, as 18 horas, e a fila já era enorme, confesso que achei que não iriamos ter um grande público, pela atual situação de nosso país, mas, com o amor dos fãs e com preços acessíveis dos ingressos, já na chegada tive a certeza de que teríamos muitas pessoas para ver a volta do NIGHTWISH a Porto Alegre.


A entrada para o Bar Opinião, um dos lugares mais tradicionais de Porto Alegre, lugar que já recebeu gigantes do rock/metal mundial, foi muito tranquila e em ordem, todos entrando “correndo” para tentar aquele lugar grudado na grade, o famoso gargarejo (risos). Logo o local já lota e os espaços foram todos tomados, fazendo com que a expectativa aumentasse muito, para ver FLOOR JANSEN & Cia, a banda está em tour de divulgação do álbum "Endless Forms Most Beautiful" (2015).

Show marcado para 21 horas e, pontualmente começa no horário, isso é muito bom para, quem como eu, mora em outra cidade, a chance de chegar cedo em casa é muito grande (risos) e o Opinião quase vem abaixo, uma verdadeira “loucura”, algo muito bonito de se ver, algo de arrepiar.

Que banda fantástica, certamente vive um dos seus melhores momentos e a entrada de FLOOR JANSEN, deu um salto enorme de qualidade para a banda, parece que ela foi feita para o NIGHTWISH, ele definitivamente chegou para ficar.

O set list é matador, temos músicas como “Shudder Before The Beautiful”, “Ever Dream”, “She Is My Sin”, “Élan”, “Dark Chest Of Wonders”, “Stargazers”, “Sleeping Sun”, “Ghost Love Score” e “Last Ride Of The Day”, entre outras. Praticamente o mesmo set de toda a tour que passou pelo Brasil.

A banda ao vivo é fantástica, interage muito com o público, conversam com o público, aceitam presentes do público, é um relacionamento muito lindo, entre o NIGHTWISH e seus fãs, algo de arrepiar.

O baterista KAI HAHTO, é um “monstro”, destrói a sua bateria, não o conhecia muito, mas, presenciei um show de um grande baterista e é outro que certamente vai fazer história na banda. TROY DONOCKLEY é uma figuraça, dá um toque muito especial na música da banda com seus instrumentos de sopro e interage muito com o público.

O “gigante” ERNO "EMPPU" VUORINEN simplesmente destrói na guitarra, um dos maiores nomes da banda, quando ele começa, é um show à parte, certamente um dos melhores guitarristas da atualidade.

MARCO HIETALA é um dos melhores e mais carismáticos baixistas do mundo, não consigo imaginar o NIGHTWISH sem ele, é a todo momento ovacionado pelo público, que grita: “Marco, Marco, Marco, Marco”. Que é respondido com um sorrisão do músico, certamente é um dos melhores momentos do show.

TUOMAS HOLOPAINEN é o NIGHTWISH, o dono dos teclados da banda e membro fundador é um dos maiores destaques da noite, carismático demais, durante o show distribui autógrafos para o público, bebe muito vinho, e dá um show à parte no seu teclado, uma das maiores características da banda.

FLOOR JANSEN, a diva, em minha opinião, uma das melhores, se não a melhor, vocalista do Eu vi FLOOR JANSEN ao vivo!
mundo, parece que ela foi feita para banda. FLOOR fez com que a banda desse um salto enorme de qualidade, muitas vezes ela é criticada pelas suas atitudes fora palco, que não é nada simpática, mas, no show de Porto Alegre, mostrou um FLOOR impecável, carismática, atenciosa e encantada com o público. Ela canta muito e certamente em breve, os fãs vão esquecer as outras vocalistas que passaram pela banda. FLOOR encantou, é algo inexplicável ver a performance dessa grande vocalista, é uma verdadeira gigante do metal mundial, ela chegou para ficar para sempre na história do NIGHTWISH. É aquele tipo de artista, que no futuro, vamos dizer para nossos netos: “

Infelizmente, com quase 2 horas de show, chega ao final, uma das melhores apresentações de 2015 no Rio Grande do Sul, e digo, vai ser muito difícil algum outro show “bater” esse, como melhor do ano.

Um dos destaques também, foi o público, que deu um show à parte, lotou a casa, interagiu com a banda, cantou junto com FLOOR, foram momentos emocionantes, aqueles de arrepiar, uma verdadeira paixão pelo NIGHTWISH, muito bonito de se ver.

Já são 23 horas e 30 minutos, está na hora de pegar a estrada e voltar para Caxias do Sul, com mais um grande show no “currículo” e com a certeza de que assisti, ao vivo, uma das melhores bandas do mundo. Agora são mais 2 horas até a serra gaúcha, momento de tirar aquela soneca no ônibus e descansar um pouco. Cansado? Não! Pronto para o próximo, isso é rock and roll!

Que venha o próximo!!




Comentários
0 Comentários