13 de fevereiro de 2016

FELIPE NOTHEN: “No Rio Grande do Sul parece que as bandas têm começado a se preocupar mais com a parte de videoclipes. ”


O videoclipe “Loka”, da banda gaúcha BABY SITTERS, foi eleito pelos leitores do Heavynroll, como o melhor videoclipe em Caxias do Sul e o melhor videoclipe rock no Brasil. Fomos atrás do cara responsável pela direção e edição, conversamos com FELIPE NOTHEN. Confira! 

HEAVYNROLL – Quem é Felipe Nothen?

FELIPE - Cara, acho que eu sou 99% sonho e aquele 1% realista (risos).

HEAVYNROLL – Quando começou seu interesse por fotografia/clipes?

FELIPE - Eu sempre gostei de tudo que envolvesse cinema, sonoplastia e fotografia, sempre que eu assisto um filme ou um clipe eu corro e procuro como ele foi feito, com que câmera, quem fez e como ele chegou naquele resultado. Levou um certo tempo até entender que minha vida seria por aí e longe de um trabalho de 8 horas por dia usando um terno.

HEAVYNROLL – E o rock n roll? Como entrou na sua vida?

FELIPE - Ele sempre esteve presente de alguma forma. Mas foi na minha pré-adolescência que ele bateu na minha porta e disse “Hi, motherfucker! Tira essa bunda do sofá e vai pegar uma guitarra”.

HEAVYNROLL – Quais suas bandas favoritas?

FELIPE - GUNS N´ ROSES, PINK FLOYD, PANTERA, FOO FIGHTERS, KISS, SLIPKNOT, e atualmente estou ouvindo muito THRICE, mas eu escuto um monte de coisa.

HEAVYNROLL – Qual a primeira banda que você fotografou?

FELIPE - Bah! Acho que foi uma banda chamada THE ELEPHANT, de Porto Alegre. Uma banda de metal melódico. Mas acho que eles nem existem mais. (risos)

Momento: BABY SITTERS
HEAVYNROLL – Além de fotografia de bandas/clipes, quais outros tipos de foto você faz?

FELIPE - Gosto muito de fazer ensaios, eu sempre tento criar algo especial e uma atmosfera única.

HEAVYNROLL – Como é todo o trabalho para fotografar clipes/bandas? A parte burocrática?

FELIPE - Fotografar as bandas é sempre bem divertido, porque geralmente o pessoal do rock é muito sério, então a gente faz mil fotos e os caras ficam com a mesma expressão em todas. (risos). Na questão de clipes, o processo se torna mais trabalhoso, porque uma banda com cinco integrantes possui cinco ideias diferentes de produção, geralmente contando com baixo orçamento. A partir daí, é preciso filtrar todas as ideias para o melhor trabalho possível. A parte da edição se torna a mais trabalhosa, pois geralmente é muito trabalho em pouco tempo. E estou estudando muito, então cada trabalho eu tento ir um pouco além do limite.

HEAVYNROLL – Qual foi o melhor trabalho que você fotografou?

FELIPE - Acho que não tenho um trabalho que eu posso tachar como preferido. O que eu estou fazendo no momento se torna o meu preferido.

HEAVYNROLL – Ainda tem algum artista que você quer muito fotografar?

FELIPE - Gosto muito da produção audiovisual norte americana, é tudo muito bem pensado, bem produzido e bem finalizado. Cada clipe se torna um pequeno filme, o que me faz ter interesse em trabalhar com bandas de lá.

HEAVYNROLL – Um dos teus trabalhos mais recentes, foi o videoclipe “Loka”, da banda gaúcha BABY SITTERS, onde você fez a direção e edição, pode nos contar um pouco desse trabalho?

FELIPE - O clipe foi feito através do show de abertura que a banda Baby Sitters fez para o Detonautas, então tive só 40 minutos para captar os melhores momentos e fazer uma compilação das melhores cenas. Mas apesar da correria o trabalho foi divertido e o resultado foi melhor que o esperado.



HEAVYNROLL – O clipe “Loka” foi escolhido pelos leitores do blog, como o melhor videoclipe de Caxias do Sul e o melhor videoclipe rock do Brasil. O que você acha disso? É um grande reconhecimento pelo teu trabalho?

FELIPE - Sim! Foi irado! Significa que estou no caminho certo e me dá um empurrãozinho para as próximas produções.

HEAVYNROLL – Como você vê o atual mercado de clipes no Brasil? E principalmente no Rio Grande do Sul?

FELIPE - Acho que tem melhorado bastante. Gosto muito dos trabalhos do Luringa, por exemplo. No Rio Grande do Sul parece que as bandas têm começado a se preocupar mais com a parte de videoclipes, usando eles como marketing. Engraçado que os clipes feitos na cena alternativa estão ficando muito melhores que aqueles lançados por grandes gravadoras.

Momento: RAFA SCHULER
HEAVYNROLL – Podemos dizer que os clipes, hoje, são a melhor maneira de uma banda divulgar seu trabalho?

FELIPE - Acredito que sim. Se uma banda disponibiliza suas músicas no youtube, por exemplo, chama muito mais a atenção do público com um clipe. O público se sente mais próximo do artista, de certa forma.

HEAVYNROLL – Onde podemos ver teu trabalho?

FELIPE - Em breve meu site estará no ar, mas enquanto isso, possuo uma página no facebook (Felipe Nothen Fotografia) e no instagram (@felipenth).

HEAVYNROLL – Quem quiser contratar FELIPE NOTHEN, como faz?

FELIPE - É só entrar em contato comigo através da página no facebook. 

HEAVYNROLL – Para quem está começando agora nessa área da fotografia de shows e clipes, qual o conselho você dá?

FELIPE - Tente ser diferente, buscar influências sem perder a identidade, e arrisque!

HEAVYNROLL – Um recado para os leitores do Heavynroll:

FELIPE - Que todos tenham um grande ano;

Momento: DISCO
Momento: FUHRIA

Links Relacionados

======================
(Redator / Headbanger)





Comentários
0 Comentários