28 de fevereiro de 2016

[Resenha] WITHIN TEMPTATION - "Hydra" (2014)


Uma das coisas que eu mais admiro em uma banda é a coragem de buscar novos desafios quando a " fórmula original " já lhe garantiu a tão sonhada zona de conforto. É o que o Within Temptation fez a partir de "The Unforgive" (2011), álbum anterior a "Hydra", sexto álbum de estúdio. Com uma sonoridade mais acessível e até Pop, "Hydra" continua o caminho trilhado anteriormente, mas com algumas experimentações e surpresas a mais...

"Let Us Burn" abre o álbum de maneira pesada, passa por um verso limpo até descambar em peso de novo no refrão, que de praxe soa forte e grudento, algo que a banda faz muito bem, principalmente a partir de "The Unforgiven".
A primeira "surpresa" do álbum vem a seguir com "Dangerous", onde o vocalista norte-americano HOWARD JONES divide as vozes com SHARON DEN ADEL em um dos melhores momentos do álbum. Música pesada, refrão agressivo e grudento, que lhe faz querer repeti-la logo a seguir. HOWARD JONES não apenas participa como também se destaca com sua interpretação cheia de feeling. 
Mas o momento mais inusitado (e não menos interessante) chega com "And We Run" onde o rapper norte-americano ZXIBITtambém participa. Com certeza muitos fãs já torceram o nariz pela coragem e ousadia da banda, mas o fato é que a banda já provou que não tem medo de arriscar, e aqui o "risco deu certo". Arranjos orquestrais se fundem com um refrão guiado por SHARON DEN ADEL para depois dar espaço para ZXIBIT interpretar seu papel do melhor modo que sabe fazer.
O primeiro single "Paradise" conta com a mais que conhecida cantora TARJA TURUNEM em um momento mais radiofônico, com estruturas mais retas, sem arriscar muito em um refrão mais Pop, onde as duas cantores dividem espaços. Não existe fórmula melhor para um single do que foi feito em "Paradise". 
"Edge Of The World" quebra a sequência de músicas mais pesadas de maneira calma e arranjos de percussão no fundo. Sharon Den Adel dá toda uma atmosfera angelical para a música... 
A música mais pesada do álbum é "Tell Me Why", que agrada logo a partir do verso arrastado e refrão ainda mais arrastado, mas não menos emocionante. O destaque não poderia ser outro se não a vocalista SHARON DEN ADEL. 
O melhor ainda estava por vir e certamente veio com "Whole World Is Watching". Responsável pela melhor melodia, seja no verso e principalmente no refrão, que também conta com a participação do vocalista DAVE PIMER. A música já nasceu um clássico da banda e até ganhou um dos melhores vídeo – clipes já feitos pela mesma, principalmente por causa da letra que diz sobre lutar, não desistir, pois "o mundo todo está assistindo você se levantar". Sem pestanejar "Whole World Is Watching" possui o refrão mais emocionante que a banda já compôs! 

"Hydra" não conseguiu superar o aclamado "The Unforgiven", o que não era uma tarefa fácil mesmo, mas em nenhum momento faz feio a carreira já consolidada da banda. Pelo contrário, figura entre os melhores álbuns que a banda já compôs. Compre sem medo e não se arrependerá...

NOTA - 9,0
===============================
WITHIN TEMPTATION - "Hydra" (2014)
tracklist
01. Let Us Burn
02. Dangerous (feat. Howard Jones)
03. And We Run (feat. Xzibit)
04. Paradise (What About Us?) (feat. Tarja Turunen)
05. Edge of the World
06. Silver Moonlight
07. Covered by Roses
08. Dog Day
09. Tell Me Why
10. Whole World is Watching (feat. Dave Pirner)

Line up
Sharon den Adel - vocal
Stefan Helleblad - guitarra
Ruud Adrianus Jolie - guitarra
Jeroen van Veen - baixo
Martijn Spierenburg - teclado
Mike Coolen - bateria



Por JOÃO PAULO PRETTI
(Redator / Músico)
-----------------------------------



Comentários
0 Comentários