26 de junho de 2016

[Resenha] BLOOD TEARS - "Three Wishes" (2016)


Velha conhecida no meio pesado de Caxias do Sul, o BLOOD TEARS está de volta em 2016 com seu novo trabalho, desta vez o primeiro full lenght , “Three Wishes”. Porém, já faz um tempo que o BT deixou de ser uma banda, propriamente dita, para se tornar um projeto de estúdio do vocalista EARTH (Seduced by Suicide).

O álbum foi gravado no Estudio NitroSV e produzido e executado pelo próprio EARTH (Roger Fingle), que gravou os vocais, guitarras, baixo e fez as programações. Houve também participação de alguns músicos e velhos integrantes da banda em 2 faixas: MYTH (vocal extremo e guitarra), ARNTOR (teclados), MALTHUS (bateria). A produção sonora está impecável, tudo soando muito bem nivelado e limpo, com timbres muito bem escolhidos e agradáveis ao ouvido.

Como todo trabalho de doom e gotic metal, o BLOOD TEARS não foge a regra e traz um álbum recheado de tristeza e melancolia. A voz de EARTH é grave e profunda, mesclando com momentos mais guturais e outros momentos mais líricos, com surpreendentes coros.

Destaques
Wether´s Fate” – começa calma, com um belo dedilhado para logo depois a as guitarras entrarem juntamente com um vocal profundo e gutural. La pela metade da música o clima muda e a música toma uma nova forma, com muitas ambientações e harmonias vocais.

Eminent Fall” – Gradativamente as músicas vão dando um leve acelerada,nesta, temos uma batida mais shuffle, meio blues, e de cara já impressiona pelos poderosos coros vocais de EARTH. Que voz sensacional! Muito interessante todo o esse clima que ele transpassa nesta música, com momentos mais guturais em uma interpretação impecável. Sem dúvida essa é a melhor do CD!! E o que é o final da música com aquele clima acústico? Coisa de outro mundo!

My Dearest Scar” – E o título de música mais sombria vai para esta canção. Ela já conhecida por ter participado de um Split com o HERMIT AGE em 2013. Ela possui um tema tão melancólico e bonito que chega a ser viciante. Fora os momentos de variações de levadas que deixam a música ainda mais interessante. E novamente temos um final apoteótico, ao violão e depois com toda o instrumental e orquestração.



Sem dúvida, um dos melhores trabalhos que já ouvi dentro deste estilo. Interessante ouvir melodias tão bem construídas e vocais góticos tão bem executados. A voz profunda de EARTH é algo tão agradável e bonito que não tem como ficar não se sentir envolvido por esta atmosfera. “Three Wishes” é um álbum que merece estar dentre os grandes trabalhos lançados no Brasil neste ano. Mais que recomnedado, é uma audição imprescindível.

NOTA - 9,5
===============================
BLOOD TEARS - "Three Wishes" (2016)
tracklist
01. Peace at last 3:19
02. Werther's fate 6:22
03. Ultimate meeting 7:28
04. Eminent fall 7:02
05. My dearest scar 6:28
06. Jail of solitude 7:12
07. In a sea of sadness 7:53

Line-up
Eartth - voz, guitarra, baixo e programações

Participações (faixas 06 e07)
Myth - vocal, guitarra
Arnator- teclado
Malthus - bateria

Links Relacionados
FACEBOOK

==========================
(Editor / Redator / Músico)
Fonte: CaxiasRockZne


Comentários
0 Comentários