24 de novembro de 2016

[Resenha] ANCESTTRAL - "Web of Lies' (2016)


Pera ai... deixa eu me recompor... O que diabos eu acabei de ouvir??? Tô até agora atordoado com a pancada!! PQP!! Vou tentar explicar pra vocês.

O veterano ANCESTTRAL lançou neste ano seu segundo trabalho full. O lançamento dele foi adiado algumas vezes aumentando mais ainda a expectativa a cerca do trabalho e deixando um gosto de ansiedade em quem curte a banda através de alguns semples, single e lyric video. Mas a espera valeu muito, mas muito a pena, pois a banda acaba de lançar o que deverá ser um dos melhores álbuns do heavy metal brasileiro em toda a sua história.

A sonoridade proposta pela banda é uma mescla de thrash e power metal, com os vocais excepcionais de ALEXANDRE GRUNHEIDT variando entre o drive agressivo e o melódico (O seu vocal se assemelha, em alguns momentos, ao estilo de James Hetfiled (Metallica)). Acompanhando ALEXANDRE , temos o excelente guitarrista LEONARDO BRITO, que tem uma técnica e bom gosto fora do comum, tudo assentado em uma cama pesadíssima formada pelo baixista RENATO CANONICO e o baterista DENIS GRUNHEIDT.

Destaques

"What Will You Do" abre o álbum de forma empolgante. Ela é rápida e alterna momentos mais cadenciados, principalmente na ponte antes do refrão, um ótimo refrão, diga-se. Na verdade, escute ela abaixo e tire suas conclusões dessa sonzeira.

"Massacre" já é bem mais agressiva que a primeira, puxando mais para o thrash metal grooveado. Aqui, ALEXANDRE abusa das notas graves e dos drives, dando ainda mais peso ao riff pegado da música.

Logo em seguida, temos outra pedrada, "Threat To Society". Metalzão pegado, riffado e com refrão fodástico, daqueles que você levanta os punhos e grita junto. Não sei se o pessoal do ANCESTTRAL tem conhecimento da banda alemã BRAINSTORM, mas a impressão que dá é que esta música é totalmente influenciada por ela, tamanha a semelhança no som.  - Nem preciso dizer que adorei, pois sou grande fã do Brainstorm.



"Fight" é mais grooveada e pesada, com um refrão melódico, quase comercial. - Lembra um pouco Metallica atual. - É um daqueles sons que pede um videoclipe.

O título de mais curta, rápida e pesada do álbum fica por conta de "Nice Day to Die". Essa é um thrash puro, sem muita firula. Os riffs no meio da faixa convida o pescoço a quebrar em 2. Sonzeira!!

Arrastada e com um riff exótico, temos a excelente "Pathetic Little Liars", outra das minhas favoritas. Ela tem uma combinação perfeita de riffs pesados, melodia vocal e um refrão de arrepiar.

Em "Subhuman" é onde a cozinha se sobressai. Acompanhando o groove de DENIS, temos RENATO arrebentando com frases e harmonizações em seu baixo pesado. Destaque também para o solo de guitarra recheado de muito feeling.

Pois bem. Difícil mesmo foi destacar músicas nesse álbum pois, cara, não tem uma só faixa ruim aqui e é por isso recebe a nossa nota máxima. "Web of Lies" é um álbum para ficar nos anais da história do metal brasileiro e acho muito estranho não ver tanta repercussão com o seu lançamento como deveria. Um álbum perfeito, do começo ao fim, desde a parte musical e lírica, até sua arte e produção. Mais que recomendado, obrigatório!!

NOTA - 10
============================
ANCESTTRAL - "Web of Lies' (2016)
tracklist
01. What Will You Do
02. Massacre
03. Threat To Society
04. You Should Be Dead
05. Fight
06. Nice Day To Die
07. Pathetic Little Liars
08. Subhuman
09. Web Of Lies
10. Fire
11. What Will You Do (alternate solo)

Line-up
Alexandre Grunheidt - vocal, guitarra
Leonardo Brito - guitarra
Renato Canonico - baixo
Denis Grunheidt - bateria


Sites Relacionados:
WEBSITE
FACEBOOK
Assessoria
METAL MEDIA



========================== 
(Editor / Redator / Músico)







Comentários
0 Comentários