2 de junho de 2018

[Resenha] TENEBRARIO - The Silence of the Ancient Souls (EP) - 2018

Confira o que achei do 4º trabalho da banda paulista lançado neste ano 


O TENEBRARIO já é um nome veterano na história do Heavy Metal paulista, o primeiro lançamento, a Demo "Tenebrario", data de 1997. Conta ainda no currículo, dois full-lenghts, "Lighting up Tenebrario" (2001) e "Second Act: Pain" (2006). Porém, com idas e vindas de integrantes e problemas inerentes a maioria das bandas do underground, após 12 anos, a banda está lançando o EP "The Silence of the Ancient Souls".

A sonoridade praticada pelo TENEBRARIO é algo entre o Heavy Metal tradicional e o Thrash Metal, passando até mesmo pelo chamado Stoner (aquela pegada meio Sabbathica), algo semelhante ao que o Candlemass e o Venom fazem, pra poder situar melhor. Na verdade, a banda se rotula como Hard, Metal, Doom Metal então, é mais ou menos por aí.

O EP é bem gravado, timbrado e mixado, porém, com uma produção pobre e crua, quase como uma Demo, faltou talvez, o punch de uma masterização. O trabalho ficou a cargo do baixista e vocalista da banda Alexdog em seu KW Home Studio. O ponto forte do trabalho são mesmo as composições. As músicas soam agradáveis, com bastante variações de riffs e levadas. Elas não ficam massantes, mesmo com uma média de 6 minutos em cada uma das quatro faixas que compõem o trampo.

Olha, vou dizer uma coisa pra vocês; Eu realmente gostei do estilo da banda. Soa pesado, empolgante, denso e soturno. Acredito que ao vivo a banda deve soar ainda melhor, mas se, num futuro, a banda investir em uma produção mais atual, em termos de timbres, teremos algo realmente incrível. Pra entender melhor do que estou falando, ouça a primeira faixa do EP abaixo. Recomendo!! ■





NOTA - 7,5
===============
TENEBRARIO - The Silence of the Ancient Souls (EP) - 2018

01. Like no Other
02. The Castle (New Version)
03. God Symphony (New Version)
04. Amrá

Formação
ALEXDOG - vocal, baixo
EDUARDO BORREGO - guitarra
KANE ASSIS - guitarra
WAINE ASSIS - bateria