22 de setembro de 2018

A SORROWFUL DREAM - Debut é disponibilizado nas plataformas digitais

O banda disponibilizou seu clássico debut em todas as plataformas digitais, saciando assim a vontade dos fãs que utilizam Spotify, Deezer, Google Play, etc. 


“Toward Nothingness”, lançado em 2009, hoje é considerado um dos principais registros do Dark/Doom Metal nacional, mostrando a banda altamente compenetrada em criar músicas atemporais. Tendo iniciado as atividades em 1996, o A SORROWFUL DREAM atingiu excelentes reviews com “Toward Nothingness”,resultado de anos de maturação, indo ao encontro do que os vários singles e demo-tapes já apresentavam.

Na época de seu lançamento, diversas resenhas ratificam a experiência já adquirida do grupo. No site Rock On Stage, o redator diz que “Toward Nothingness” “é um belo disco que não se percebe seus mais de 50 minutos, pois mesmo com os flertes com Death e Black Metal, a característica marcante e melodiosa do trabalho se evidenciam, tanto que indico para os fãs da Epica e para quem gosta da mescla de vocais femininos suaves com guturais masculinos”. Já o blog Heavy and Hell publicou que “no balanço final é possível dizer que o septeto está acima de classificações como Death, Black ou Gothic, o que a ASD faz é um Metal de qualidade muito superior a muita coisa gringa, não deixe de conhecer toda a poesia musical de “Toward Nothingness”“.

Ouça no Spotify: https://goo.gl/iQg8d3


Gravado e produzido por Sebastian Carsin no Estúdio Hurricane em Porto Alegre, “Toward Nothingness” possui dez faixas de imensa riqueza sonora, contrastando passagens extremamente agressivas com arranjos calmos embalados por violinos.

Em no dia 9 de novembro o A SORROWFUL DREAM se apresentará no já tradicionalRock n Bira Open Bar, representando as bandas autorais nesta noite que será dedicada ao Metal, com tributos ao Megadeth, Dio, Iron Maiden e Metallica.

Mais informações no link:




Contatos:
Assessoria de Imprensa: wargodspress@gmail.com


=====================
Fonte
Wargods Press

Nenhum comentário:

Postar um comentário