17 de maio de 2019

[Resenha] ROSA TATTOOADA - Gravador Pub – Porto Alegre/RS (11/05/19)

Um dos maiores nomes do hard rock brasileiro, completou em 2018, 30 anos de estrada e nada melhor para comemorar, do que um show especial de 30 anos.




Esse show aconteceu no dia 11 de maio, no Gravador Pub, em Porto Alegre/RS e se tornou um dos shows mais esperados da banda, nos últimos anos. A expectativa era enorme e deixou todos fãs da banda enlouquecidos.

Porque? Porque teríamos a participação de Paulo Cássio e Beat Barea, a ROSA TATTOOADA, original estaria ali, quase completa, faltando só o baixista Eduardo Rod. Isso fez com que fãs de todo o Estado se movimentassem para vir a esse show, fãs das antigas e atuais fãs, pois teríamos a ROSA TATTOOADA atual, considerada por muitos, como a melhor formação desses 30 anos e a ROSA TATTOOADA, quase original.

Outro convidado especial foi Rodrigo Maciel, que foi um dos baixistas da banda nesses 30 anos, portanto seria uma noite inesquecível, emocionante e histórica. E um detalhe, seriam só 150 ingressos, para os fãs mais loucos da ROSA TATTOOADA, que fizeram com que 2 dias antes do show, não tivesse mais ingressos, portanto teríamos lotação completa do pub.

Tive a oportunidade de acompanhar a passagem de som durante a tarde, e ali a máquina do tempo já começou a funcionar, pois estava ali na minha frente a ROSA TATTOOADA original, acrescentada com o baixista Valdi Dalla Rosa, da atual formação e um dos melhores músicos do Brasil, então nada mais poderia ser tão perfeito. Vi ali a ROSA TATTOOADA tocando alguns clássicos e com a quase formação original, já pensei que a noite seria louca e histórica, pois ver Jacques Maciel, Paulo Cássio e Beat Barea dividindo um palco novamente, algo que certamente vou contar para os meus netos (risos).

A banda chega ao Gravador Pub, passado das 20h30 e já tínhamos um grande número de fãs, a casa transpirava hard rock, se via nos olhos dos fãs, uma expectativa enorme para o que estava por vir.

Show marcado para as 21h, mas tivemos um pequeno atraso, o que gerou uma ansiedade maior ainda e as 21h50 sobe ao palco a ROSA TATTOOADA, atual, para alegria de todas as quase 200 pessoas ali presentes, e posso dizer, todos estavam enlouquecidos e cantando todas as músicas da banda, letra por letra, algo de arrepiar, algo que só quem conhece os fãs da banda, vai entender.

Teve clássicos? Foram só clássicos e numa noite em que a banda estava mais pesada do que nunca, aquele velho hard rock, que só a ROSA TATTOOADA sabe fazer.

A “paulada” começou com “Rendez Vouz”, e na sequencia mais clássicos como “Dance em Mim”, “Um Milhão de Flores”, “Dólar na Calcinha”, “Hard Rocker, Old School”, que não era tocada a muito tempo, “Diamante Interestelar”, “Amor ou Tesão” e “Canção do Deserto”, essa com a participação do primeiro convidado: Rodrigo Maciel, na guitarra.

E o momento mais esperado da noite chegava, a ROSA TATTOOADA, com Jacques Maciel, Paulo Cássio e Beat Barea, estava reunida depois de muitos anos separados, confesso que o Gravador Pub quase veio abaixo e a máquina do tempo estava ali, novamente presente, nos dando a chance de ver um dos maiores nomes do hard rock brasileiro, com a sua formação quase completa.

E vieram mais clássicos como “Cabelos Negros”, “Voltando Pra Casa” e claro, “O Inferno Vai Ter Que Esperar”, esse o maior clássico da banda, nesses 30 anos. Ainda tivemos alguns covers de TNT e BANDALIERA. Só digo uma coisa, quem foi, presenciou um dos melhores e mais emocionantes shows, da história da ROSA TATTOOADA, e quem não foi, é só esperar o show de 40 anos, pois é certo que vai ser mais emocionante ainda (risos).

O show terminou, o público, que lotou o Gravador, saiu muito satisfeito com o que viu, pois foi algo único e que não acontece todo dia, foram quase 200 privilegiados.

Ao final de tudo, temos que agradecer a Jacques Maciel, Valdi Dalla Rosa, Dalis Trugillo, Paulo Cássio, Beat Barea e Rodrigo Maciel, pelo baita presente de 30 anos. Que venham mais anos de vida, que venham mais shows, que venha mais hard rock.

Vida eterna a ROSA TATTOOADA!



Fotos: Indy Lopes











Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário