photo RESENHAS.jpg

11 de junho de 2019

[Resenha] UGANGA - Servus - 2019


A banda UGANGA, capitaneada por Manu "Joker", lança em 2019 seu 5º trabalho e precede o ótimo e pesado "Oppressor" (2014). "Servus" dá continuidade ha uma sequência de ótimos trabalhos da banda na última década, dentre eles um álbum ao vivo gravado na Europa, o "Eurocaos Ao Vivo" (2013) e um documentário sobre os 25 anos de carreira de 2017, o "Manifesto Cerrado". Ou seja, uma banda que vem se movimentando à sombra do mainStream, sempre trazendo algo com qualidade e está mais do que na hora do começarmos a sairmos do óbvio e prestar mais atenção nesses guerreiros que estão por aí.

Falando sobre o álbum, ele foi financiado por dois relevantes entidades, o Wacken Foundation, organização alemã sem fins lucrativos idealizada em 2008 pelos produtores do Wacken Open Air e também pelo Programa Municipal de Incentivo à Cultura (PMIC) de Uberlândia, Triângulo Mineiro, de onde a banda é originária. Então você já percebeu que não é pouca coisa!

Sem dúvidas nenhuma, "Servus" é o melhor trabalho lançado pela banda até agora, digamos que é a obra prima do UGANGA, na minha humilde opinião. Tirando 2 faixas que não me agradaram (por simples questão de gosto, não de qualidade), o resto do álbum é um desfile de bom gosto e criatividade, somados a uma produção impecável. A timbragem do trampo está fantástica! Méritos do produtor Gustavo Vasquez e do próprio Manu "Joker" no estúdio Rock Lab.

Em "Servus" encontramos o Thrash Metal característico da banda com muitos elementos extras, que dão um tempero diferenciado as músicas, como o flerte com o Hip Hop e ritmos brasileiros. O modo  de Joker cantar também corrobora com esta mescla, já que ele tem um estilo mais "falado" e agressivo, quase que declamando as letras. 

O álbum é tão bom que é mais fácil citar as músicas que não gostei, que no fim das contas, ficou só por conta das duas últimas faixas das 13 que compõem o álbum: "E.L.A" e "Depois de Hoje" que destoam demais do resto do álbum. As outras 10 faixas anteriores são um desfile de grandes músicas, grandes riffs e letras fodásticas! Ah... as letras são em português!!!

Mesmo assim, cito aqui as que entraram para minha playlist 2019, que é o caso da rápida "Servus" com sua "riffera" insana, perfeita para abrir o trabalho. Depois a pesadassa "Medo", que tem variações ritmicas que vão desde o arrastado, cadenciado, até momentos mais agressivos e rápidos.

E sempre tem a favorita, é claro. E a medalha de ouro vai para a fodástica "Abismo" e sua levada mais atmosférica. O clima desse som é de arrepiar! Já a "honra ao mérito" vai pra excelente "Fim da Festa" que é uma sonzeira!!



Enfim, que álbum! um dos melhores do ano sem dúvidas! "Servus" é daqueles álbuns que merecem ser apreciados com a devida atenção e colocados em um dos pedestais dos grandes trabalhos já lançados por bandas brasileiras. Tenho ouvido ele seguidamente desde que foi lançado e a cada ouvida me impressiono mais com a qualidade dessa banda! Recomendadíssimo!!


NOTA - 10-M
====================
UGANGA - Servus - 2019
tracklist
01. Anno Domini (Intro),
02. Servus
03. Medo 
04. O Abismo 
05. Dawn
06. Imerso
07. 7 Dedos
08. Couro Cru 
09. Hienas 
10. Lobotomia 
11. Fim de Festa
12. E.L.A.
13. Depois de Hoje...








Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário