16 de agosto de 2019

MADNESS - Debut é disponibilizado em todas as plataformas digitais

Lançado no segundo semestre de 2012, o debut da banda de Death Metal teve grande aceitação na mídia especializada e contou com duas prensagens nacionais pela Brutal Combat Records e um relançamento na Itália pelo selo Murder Records. 


Atualmente esgotado, “Essence of Death” agora está disponível em todas as plataformas digitais, com lançamento via Wargods Press. A banda também procura selos para realizar um relançamento do álbum, que conta com onze faixas, sendo a faixa título regravada e colocada como bônus track.“Essence of Death” foi gravado, mixado e masterizado em Piracicaba/SP na SIMC Studio por Thiago Sega, com a arte e o designer feitos por Fernando Drowned & The Most Destrutive Art.

O vocalista Alexandre Guerreiro explica que nesse momento a banda estava sem baterista e com todo o material composto em cordas e voz: “Convidamos o Felipe Wrecker (Havok 666) para a gravação do álbum. Foi um trabalho muito planejado, sempre temos a preocupação com a qualidade. Eu escrevo letras desde os 14 anos e tinha mais de 30 letras guardadas dessa época. Usamos sete letras dessas nesse play. As músicas sempre foram montadas em cima da guitarra e da voz. Gravamos um vídeo disso e montamos ali um "esqueleto" da música. No final todos ensaiamos em casa e vamos encorpando esse esqueleto. Fazemos um Death Metal que busca interpretar a letra, com peso e brutalidade.”.

Ouça “Essence of Death” via Spotify:

Ouça “Essence of Death” via Deezer:

Com Alexandre, Felipe (como convidado especial), a baixista Rô Moreira e o guitarrista Felipe Coradini o MADNESS concebia um dos grandes registros do Metal Extremo daquele ano e ratificava a grande fase que a banda estava passando naquela época, conforme explicou Alexandre: “Nesse trabalho queríamos buscar a mesma pegada brutal representada nas duas demos "Limbus The Threat Of Six" e principalmente "Fury in Blood" que o lance ficou bem na cara do que a banda propunha. E gostamos demais do resultado, que ficou acima do aguardado. O trabalho de preparação foi incrível e no estúdio tudo correu perfeitamente. Um orgulho pra gente, um filho que nascia para o Metal. Ficamos muito felizes com esse trabalho e agora temos a difícil missão de fazer um novo play igual, ou melhor, com "Explicit Horror" e estamos seguindo esse mesmo sistema de composição, inclusive gravando no mesmo estúdio.“.


===================
Contatos:
Assessoria de Imprensa: www.wargodspress.com.


Fonte: Wargods Press
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário