17 de outubro de 2019

II Metal Sul Festival

II Metal Sul Festival


show banda Losna em Caxias na primeira edição do Metal Sul. Crédito Audrey Produções

Assim como riffs marcantes, o Metal Sul Festival também tem mostrado sua força. A percepção é reforçada pela declaração do secretáriode Cultura de Bento Gonçalves RS, Evandro Soares.
— Receber o Metal Sul deveria ser um privilégio para qualquer cidade do Rio Grande do Sul. Até do Mercosul, pela seriedade, por ser democrático — como foi a escolha das bandas por meio de curadoria — e pelo engajamento, o que gera interesse público — enfatiza Evandro.
Em sua segunda edição, o evento retorna a Bento e Caxias doSul. As atividades em cada município ocorrem, respectivamente, em 1º e 2 de novembro, no complexo da Fundação Casa das Artes, e nos dias 6 e 7 de dezembro, no Centro Municipal de Cultura Dr. Henrique Ordovás Filho. 
Para apresentar a mesma qualidade da primeira edição, em 2017, quando foi o contemplado com verba pública do Estado, o festival contou com uma campanha de financiamento coletivo. 
Até o momento, 11 bandas escolhidas pela curadoria forama nunciadas. 
São elas: Atropina (Teutônia), Bloody Violence (Porto Alegre), Burn the Mankind (Porto Alegre), Finita (Santa Maria), Hollow (Garibaldi), It´s All Red (Porto Alegre), OssoS (Caxias do Sul), Postmortem (Pelotas), Supersonic Brewer (Bento Gonçalves),  Torvo (Porto Alegre) e Southern (Caxias do Sul). 
Há, ainda, as convidadas ExterminatePanicCarcinosi e Sabbra Cadabra. 
Outra atração especial é a banda Leviaethan, que celebra seus 35 anos tocando junto com a Orquestra de Sopros de Novo Hamburgo(OSNH).
— Estamos organizando tudo para que seja novamente um sucesso, com grandes nomes do metal gaúcho. Além disso, o projeto continua com o objetivo de mostrar que o metal não é apenas um estilo musical, mas sim um estilo de vida — destaca a produtora, Cláudia Kunst, idealizadora do Metal Sul.

O entusiasmo da organizadora é respaldado pelas entidades que estão acolhendo a iniciativa.

— A boa receptividade do público, a qualidade das bandas e a diversidade de atividades paralelas garantiram a realização da segunda edição do Metal Sul Festival em Caxias do Sul — revela a diretora do Centro de Cultura Dr. Henrique Ordovás Filho, Claudete Taiarol Travi.

O secretário Evandro Soares destaca ainda o profissionalismo da empreitada, pontuando que “a cena do metal precisa ter mais seriedade porque compete diretamente com estilos mais fáceis de se vender”:

— Para nós, de Bento Gonçalves, receber o primeiro Metal Sul foi uma experiência que trouxe uma proposta inovadora, não somente atendendo a música, mas toda uma cadeia criativa e econômica. 

A entrega de um evento que tem a tradição de ser underground mostrou que a cena pode ser profissional e acessível, já que o evento é gratuito. 

A programação do Metal Sul Festival em 2019, tanto em Bento quanto em Caxias, inclui, além de shows, mostras de audiovisual, exposições de artes, rodas de bate-papo e outras ações. O cronograma de atividades será divulgado em breve.

Acompanhe o Metal Sul nas redes sociais e saiba em primeira mão sobre as novidades: 

“Se você não gosta de Metal, se você não o entende, você nunca entenderá. Você apenas não captará. É muito difícil converter alguém para o Metal se você não
entende o que ele significa”.

Parafraseando um dos maiores ídolos do heavy metal, Rob Halford da banda Judas Priest, te convidamos pra fazer parte deste projeto. Todos sabemos: o heavy metal não é apenas um estilo musical, é também, um estilo de vida. 

Ao invés e cobrarmos entradas com valores que você recebe apenas um ingresso, nesta
campanha você recebe presentes exclusivos e ainda se torna parte do festival de heavy metal mais esperado do ano!

O propósito do festival, que teve sua primeira edição, com sucesso, em 2017, no
Rio Grande do Sul é fazer com que o heavy metal seja cada vez Faça parte
deste projeto! Seja parte do Metal Sul Festival!

#eusoumetalsul


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário