FANTTASMA - Sob diferente perspectiva estética, novo EP é lançado e reúne várias convidados

Entre as participações em “Sailing”, destaque para a vocalista do Torture Squad, Mayara Puertas.



O FANTTASMA é um projeto artístico sem vínculos estéticos capitaneado pelo multi-instrumentista, compositor e produtor musical Rafael Augusto Lopes (ex-Torture Squad, Eternal Malediction). “Sailing”, novo EP do grupo lançado no último dia 14 de Maio, reúne três composições inéditas, “Mars Is Here”, “Major Overhaul” e “Sailing”, que são a mais recente tradução do desejar artístico de Rafael Augusto Lopes. Uma proposta musical livre, plural, inclusive em sua concepção, já que em “Sailing” Lopes promove uma reunião de músicos de altíssimo nível, entre eles a vocalista do TORTURE SQUAD, Mayara Puertas, responsável pelos vocais principais em “Mars Is Here”.

Durante as gravações de minha participação com o Living Metal no Casanegra Studio, fui surpreendida pelo convite do Lopes para participar do projeto gravando vozes para a faixa "Mars is Here". Foi uma gravação inusitada que me tirou totalmente da minha zona de conforto dos guturais. Talvez seja uma das canções mais melódicas para a qual emprestei minha voz. Fiquei muito feliz com o resultado. É uma honra contribuir em um projeto do Rafael Augusto Lopes que é um grande guitarrista e produtor, e que fez parte da história do Torture Squad.”, comentou a vocalista.


Outros convidados especiais em “Sailing” incluem Victor Cutrale (vocal em “Major Overhaul”), Daniel Wegan (vocal em “Sailing”), Stella Rocha (backing vocals em “Mars Is Here”), Lucas Emidio (bateria em "Mars is Here" e "Major Overhaul") e Rafael Paiola (backing vocals em “Mars Is Here”). A capa de “Sailing” também é uma pintura a óleo sobre tela do artista Rafael Romanelli (também guitarrista do Living Metal).

De acordo com Rafael Augusto Lopes, as músicas de “Saling” foram compostas há mais ou menos dois anos. “Eu estava totalmente dedicado à música dos meus clientes e deixei essas de lado. Mas no segundo trimestre de 2019 tirei da gaveta e começamos a gravar. Tive dúvidas se era o período certo para lançar com tudo o que nós todos estamos vivendo, mas nós precisamos continuar. E sou muito grato aos músicos que me acompanharam nessa jornada e fizeram essas músicas se tornarem realidade."

A respeito do direcionamento estético do EP, Lopes completou:

"Para mim o Fanttasma não tem nenhuma amarra musical, o que fez com que essas três músicas novas sejam bastante diferentes entre si, e também diferentes do primeiro álbum. Isso não significa que os próximos trabalhos vão soar parecidos com "Sailing", nem que vão soar parecidos com o "Another Sleepless Night". Aos poucos a identidade do Fanttasma vai se tornando mais clara e englobando todas essas sonoridades".

Para ouvir “Sailing” nas plataformas digitais, acesse:

O disco de estreia do Fanttasma, “Another Sleepless Night”, também foi recentemente relançado para todas as plataformas digitais de música. 

Para ouvir, acesse:

Mais Informações:

Nenhum comentário:

Postar um comentário