MEGADETH - David Ellefson diz estar "muito feliz" com novo material da banda

O baixista falou recentemente ao Rockin 'Metal Revival sobre os planos da banda para gravar o sucessor do álbum "Dystopia" de 2016. 



Ele disse "Bem, estávamos programados para entrar no estúdio no final de março, gravando o novo álbum. Ele é está praticamente escrito; pronto para acontecer. Então, quando as coisas começaram a parar [devido ao coronavírus pandemia], teve que ser adiada. Então, agora estamos remarcados para entrar no estúdio - particularmente para mim e nosso baterista, Dirk [Verbeuren], para entrar e editar as faixas de baixo e bateria. continuaremos a criar as músicas em estúdio, mas as músicas estão lá. Está em movimento. Foram necessários os últimos três anos para escrevê-las, mas é ótimo.

Eu odeio parecer arrogante e falar muito sobre isso até que saia, porque ainda está em uma fase formativa, mas estamos muito felizes com isso", continuou ele. "Os managers estão realmente felizes com isso, o santuário interno de nossa pequena equipe, todo mundo está muito feliz. Eles acham que é absolutamente um sucessor perfeito para 'Distopia'".

As primeiras sessões do 16º álbum de estúdio do MEGADETH ocorreram no ano passado em Franklin, Tennessee, com o co-produtor Chris Rakestraw, que trabalhou anteriormente em "Dystopia". O novo trabalho do MEGADETH será o primeiro a apresentar o baterista Verbeuren (ex-SOILWORK), que se juntou à banda há quase quatro anos.

No final do ano passado, Dave Mustaine, vocalista do MEGADETH, provocou músicas "pesadas como o inferno", com títulos como "Rattlehead Part Two" e "The Dogs Of Chernobyl". O guitarrista Kiko Loureiro estreou suas gravações com o MEGADETH em "Dystopia", cuja faixa-título foi homenageada na categoria "Melhor Performance de Metal" no Grammy Awards de 2017.

Ouça a entrevista:

Nenhum comentário:

Postar um comentário