STONE AGE A.D - Música “Akhenaton” retrata pensamentos de Faraó que alterou a teologia em sua época

Criações inteligentes onde misticismo, história e teologia, se fundem em letras bem elaboradas, são bases fundamentais sobre as músicas compostas pelo Stone Age A.D. em seu disco de estreia “The Awakening of Magicians”.



Uma das principais músicas do álbum, “Akhenaton”, retrata quem foi o Faraó de mesmo nome, que alterou a teologia da sua nação do politeísmo para o monoteísmo, enfrentando toda resistência em sua época, propondo uma nova luz para a compreensão da divindade se despindo do banal, supérfluo e do culto exterior. Infelizmente sua mensagem não foi compreendia e suas investidas espirituais se desfizeram pelas forças do primitivismo e retrocesso do politeísmo que ainda estava vigente e se beneficiava da mazela espiritual humana.

Alguns questionamentos são feitos sobre as idéias criadas por “Akhenaton” e o músico do STONE AGE A.D., Mathues Campista, guitarrista e compositor, levanta esses questionamentos em uma visão atual do mundo: “Qual a diferença na compreensão da Divindade pelo Homem atual e o do passado? Cultuamos vários Deuses ou um Só? Qual a nossa relação interior com o DIVINO? A matéria, o prazer, o ego, a ganância não seriam os Deuses modernos do nosso Culto Politeísta? Um novo "Akhenaton" não estaria fadado a sucumbir devido a nossa primitiva relação com a Dinvidade”?

Venha Akhenaton, venha e guia-nos a ATON”!


A música pode ser conferida em todas as plataformas digitais e em vídeo oficial lançado no canal de YouTube da banda. Abaixo deixamos links para você escolher como conferir essa rica e belíssima obra composta pelo Stone Age A.D.:

Clipe oficial:

Single no Spotify:

Stone Age A.D. é:
Matheus Campista (Guitarra/Violão)
Philipe Antunes (Voz/Violão)
Leandro Abrita (Baixo)
Frederico Fontes (Teclado)
Marcelo Athouguia (Bateria)


Mais Informações:

Nenhum comentário:

Postar um comentário