ERA KARMA - Lança seu single de estreia “Fora de Mim” nas plataformas digitais.

Na filosofia e nas religiões indianas, o Karma é uma espécie de lei universal de causa e efeito. Ela dita que toda ação tem consequências futuras, que dependem de sua natureza. “De forma mais simples, uma boa ação leva a bons resultados e uma má ação a maus resultados”.



A banda foi criada em 2019 e com dupla cidadania tendo metade dos integrantes em estados diferentes. Pedro e o Vitor são naturais de Pelotas – RS, enquanto Otávio veio de Taubaté - SP e Rodolpho de São Carlos - SP. Os membros se conheciam de outros projetos, mas queriam fazer algo com a sonoridade mais agressiva, com influencias do metalcore, djent e emo. 

A banda teria sua estreia no festival Resistência Breakdown que iria acontecer em Abril de 2020 no estúdio Bokada em Pelotas. No entanto, em decorrência da pandemia gerada pelo corona vírus, sua data foi adiada por tempo indeterminado. 

Nesse novo cenário, a banda se adaptou e começou a focar somente em suas composições autorais. Com influencias de bandas como ARCHTECTS, PARKWAY DRIVE, COUNTERPARTS, BRING ME THE HORIZON, NORTHBLANE e outras do cenário de metal moderno entregam um single quase indescritível pela produção e técnicas apresentadas.

Devido à ausência de um baterista, a banda foi reestruturada. Vítor Vaz, que inicialmente tocava guitarra, passou para a bateria e a banda passou a ter a seguinte formação: 

Pedro Wecck - Voz;
Otávio Vassão – Guitarra/Voz;
Rodolpho Fragelli - Baixo,
Vítor Vaz - Bateria.

Outro fato surpreendente é que a gravação foi realizada em sua maioria na casa do Otávio, faltando somente as vozes, que foram captadas na casa do Pedro e as bateras que foram gravadas no Estúdio Bokada do camarada 

Rubira (Aborto Podre) clássico estúdio do cenário underground de Pelotas RS. A produção ficou 100% ao encargo de Otávio Vassão Guitarrista da Banda. A letra de Pedro Wecck e do Rodolpho Fragelli.



A arte do single ficou por conta da Micaela Alves
Insta: @artincredula
https://www.instagram.com/artincredula

Ouça agora:
Spotfy: open.spotify.com/karma
Youtube: www.youtube.com/KarmaOficial

Resenha “Fora de mim”, por Sub_Discos
Quando o Pedro mandou a música, nós da Sub_Discos entendemos na hora que música era especial mas interrompemos as audições por que ainda não era a versão final, e não queríamos que nossas primeiras impressões fossem afetadas pelo que chamamos de imersão, que é ouvir a música exaustivamente por alguns dias, até que a gente consiga visualizar e compreender a música de dentro para fora.

Mas o que marcou já na primeira impressão é a introdução, que é algo inusitado para ouvidos que se acostumaram a ouvir introduções batidas e riffs a base de fórmulas repetidas. Como o despertar repentino de um sonho, somos acordados por uma base de guitarra marcante, constante e precisa e um contrabaixo pulsante em total sincronia com a bateria que se destaca no decorrer de toda música.

Porém a música muda levemente a partir dos “01:20”, deixando espaço para um dueto melódico. Em seguida a música se transforma novamente, ficando vazia, mas não em silencio completo é algo totalmente inusitado, com destaque total para a guitarra que desconstrói o riff anterior criando uma completa simbiose com a bateria. Quando se imagina que não tem mais pra onde ir a música fica ainda mais profunda e acontece um lindo desenho lúdico entre baixo guitarra e vocal e ainda nem falamos da poderosa letra que traz diversas emoções à tona. Aos poucos a música vai se arrastando para um final com o mesmo peso do início. 

Em relação a letra, me identifiquei num nível tão profundo que só quem já passou pelos dissabores da falta de autoestima podem entender, só para aqueles que beijaram a lona e se atolaram na lama do fundo do poço, sem amor próprio. Só quem já experimentou uma tristeza profunda pode entender do que se trata a letra!

Essa letra me faz lembrar de todas as vezes que me perdi na curva. Me lembrou de um passado que não posso esquecer e também me lembrou que venci!

Era Karma com a música “Fora de Mim” me fez lembrar dos “escravos da perda” mundo a fora. Também me lembra das tormentas e dificuldades da rotina do dia a dia, da dor de se olhar no espelho, da vontade de fugir, mas também se trata da coragem de ficar!!

“Fora de Mim” (Letra)
Me de algo que me faça aguentar
Algo que acabe com esse sentimento
O quão profundo você pode afundar?
Desintegrado e levado com o vento
Já procurei caminhos pra me encontrar
Mas é como estar no olho da tempestade
Como todos podem me amar e só eu não?
Por que que eu consigo gostar de todos menos de mim?
Sempre junto do vento, fora de mim
Eu sei que tem algo comigo
Lágrimas formam o mar que vai me afogar
Eu sei que tem algo comigo
Eu tento me explicar de tantas formas diferentes
E toda vez que eu tento, eu faço aquilo que me destrói
Isso me faz querer desistir
Mas eu falei para mim mesmo que vou seguir
Seguir junto do vento?
Seguir fora de mim?
Lágrimas formam o mar que vai me afogar
Sempre junto do vento?
Eu sei que tem algo comigo

Contatos e Redes Sociais:
Insta:https://www.instagram.com/erakarmaoficial
E-mail: kcarmametalcore@gmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário