Novo vidoclipe do DARK VALLEY é de música inspirada em Nietzsche e Shakespeare

Já está no ar o novo videoclipe da banda, uma das grandes revelações nacionais dos últimos anos. 






Com o compromisso de trazer novidades para o Heavy Metal, o grupo liderado pela vocalista Ana Carla De Carli finalizou 2020 com o lançamento do EP “Tales from Dark Valley” e já iniciou o ano com o videoclipe de “Rebirth”, trazendo participações especiais de artistas mulheres: Melissa Ironn, responsável pelos arranjos orquestrais no EP “Tales from Dark Valley”, que atualmente prepara seu álbum solo; Loraine Santos, estilista de moda e dançarina, vencedora do Prêmio Açorianos 2020 de figurino pelo espetáculo de dança tribal feminista Dura Máter, do grupo Al-málgama; e Martha Buzin, fotógrafa especializada em performance ritual e arte cemiterial.

Filmado no Jardim Botânico de Porto Alegre, o videoclipe foi produzido pela Proteu Filmes, a mesma produtora que trabalhou no clipe anterior, “Balada”. A letra de “Rebirth” encerra o ciclo do EP de estreia e fala sobre a possibilidade de renascimento, buscando inspiração em conceitos filosóficos de Nietzsche, na obra de Shakespeare e da poeta estadunidense Sara Teasdale. Segundo a vocalista Ana Carla De Carli, a letra da música pode ser interpretada da seguinte forma: “Após uma longa jornada em que evidenciamos os nossos sentimentos, o grande descanso está em poder recomeçar. Essa mensagem vale para todos, mas vem sublinhada para as mulheres”.

Assista ao videoclipe de “Rebirth”:

Além disso, o DARK VALLEY também divulga sua nova linha de merchandising com a adição da camiseta “FEMME METAL”, desenhada exclusivamente para as fãs. Em paralelo à divulgação do EP a banda segue no processo de composição do próximo trabalho, que promete seguir o mesmo caminho de inovação e originalidade. A banda conta ainda com o guitarrista Fernando Cezar Jr, o baterista Felipe Paedo e o baixista Rodrigo Morales. O debut do DARK VALLEY, intitulado “Tales from Dark Valley”, contém sete faixas inéditas. Ana Carla e Alberto Boa Vista foram os produtores executivos; as sessões de gravações foram realizadas com Fernando Cezar Júnior (guitarra), Jackson Harvelle (baixo) e Andrêss Fontanella (bateria). Os arranjos orquestrais foram criados por Melissa Ironn. A produção e a mixagem são assinadas por Renato Osorio e Benhur Lima, músicos de currículo internacional na cena do Metal, enquanto a capa ficou a cargo de Derek Castro.

Ouça o EP no Spotify:


Créditos da foto: Bebel Osorio

Contatos:
Assessoria de Imprensa: www.wargodspress.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário