TRIPLX une o rap ao rock e lança primeiro single

Música se chama Era Uma Vez? e marca o lançamento da banda formada por Lucas Koka Penteado, Martin Mendonça, Rod Krieger e Duda Machado.


Rod Krieger, Lucas Koka Penteado, Duda Machado e Martin Mendonça 

"Era Uma Vez?" é o pontapé inicial do primeiro disco do projeto TRIPLX, que conta com Lucas Koka Penteado na voz, Martin Mendonça (Pitty) na guitarra, Rod Krieger (ex-Cachorro Grande) no baixo e Duda Machado (ex-Pitty) na bateria. 

O single traz na letra os versos que viralizaram no Slam Resistência, quando Lucas se dividia entre as gravações no estúdio e as batalhas na Praça Roosevelt. Já no som, o rock vem com batidas intensas e riffs marcantes. “Tocar com essa banda me dá um prazer enorme. Somos, antes de tudo, amigos. Lembro com muito carinho dos dias que ia buscar Rod em casa para irmos juntos ao estúdio encontrar Duda e Koka. Está sendo muito especial reviver esses momentos”, comenta Martin. “Não vejo a hora de entrar num avião pra ir fazer shows com esses caras”, completa Lucas


História da banda

O ano era 2015. Os secundaristas ocupavam as escolas estaduais de São Paulo e foi no pátio da Escola Caetano de Campos, na Praça Roosevelt, que Rod Krieger, na época baixista da CACHORRO GRANDE, e Lucas Koka Penteado se conheceram. Deste encontro, surgiu a canção Ocupar e Resistir, em parceria com Duda Machado, quando ainda era baterista da Pitty. 

No ano seguinte, em 2016, se juntaram com o guitarrista Martin Mendonça (que ainda segue como parceiro de Pitty) e aí estava formada a TRIPLX. Depois de quase seis anos, e de uma passagem histórica de Lucas pelo Big Brother Brasil, a banda se uniu novamente para, enfim, lançar o disco com oito músicas inéditas, ainda neste primeiro semestre.



Capa de Era Uma Vez? - foto por Igor de Paula e arte por Leonardo Sandi

OUÇA AQUI

LINKS


SOBRE LUCAS KOKA PENTEADO

Lucas “Koka” Penteado é ator, cantor, poeta, MC, slammer, apresentador, diretor e dramaturgo. Aos 24 anos e nascido em São Paulo e morador do bairro da Bela Vista, tem em seu currículo participações na Malhação -“Viva a Diferença, no filme Espero Tua (Re) Volta, co-estrelado por Lucas e vencedor do Festival Internacional de Berlim (ganhador de dois prêmios), além de integrar o elenco do reality Big Brother Brasil 21.

Multiartista, Lucas Penteado já foi presidente do grêmio estudantil da Escola Estadual Caetano de Campos, em São Paulo, em 2015, e lutou pelo direito à educação nas escolas públicas em protesto contra o projeto de reorganização escolar do então governador Geraldo Alckmin. Na ocupação escolar, Lucas teve contato com o Slam Resistência, batalha de poesias faladas que acontece toda primeira segunda-feira do mês, na Praça Roosevelt.

As manifestações dos estudantes secundaristas de São Paulo fizeram nascer, em 2019, o documentário Espero Tua (Re) volta, de Eliza Capai, protagonizado por Marcela Jesus, Nayara Souza e Lucas “Koka” Penteado. O filme participou de mais de dez festivais, recebeu os prêmios de Melhor Filme, Montagem e Roteiro, e ganhou o prêmio da Associação Brasileira de Críticos de Cinema – Abraccine, na 23ª edição do Cine-PE – Festival do Audiovisual, em Recife. Isso depois de ter participado da Mostra Generation 14plus do Festival de Berlim, onde além do prêmio Peace Film também recebeu o da Anistia Internacional.

Lucas é da família de Frederico Penteado (linhagem nobre do samba paulista), um dos fundadores da Vai-Vai, tradicional escola de samba do Bixiga, que lhe rende uma posição como Membro hereditário da escola de samba paulista. A família é sua grande motivadora. “Koka” tem sua mãe como melhor amiga, seu pai como principal referência e alimenta o sonho de tirar família do aluguel, dando à sua mãe a tão desejada “casa própria”.


SOBRE MARTIN MENDONÇA

Martin Mendonça é guitarrista, compositor e produtor baiano, radicado em São Paulo desde 2005. Toca com a Pitty, com quem formou o duo Agridoce que gravou um disco e fez uma turnê que incluiu o Lollapalooza Brasil e o SXSW em Austin. Foi guitarrista na proeminente banda baiana Cascadura e também já tocou com OTTO, Junio Barreto e Projeto Nordeste Psicodélico. Martin tem dois discos solo lançados, Dezenove Vezes Amor (2010) e Quando Um Não Quer (2015).


SOBRE ROD KRIEGER

Rod Krieger é um músico multi-instrumentista, compositor e produtor brasileiro que lançou o primeiro disco solo, A Elasticidade do Tempo, em Março de 2020 e, atualmente, dirige o estúdio Magic Beans. 

Radicado em Portugal desde o início de 2019, no Brasil ele foi baixista durante 15 anos na banda Cachorro Grande com a qual gravou cinco discos de estúdio e um DVD ao vivo, além de ter percorrido as principais cidades do país com uma intensa agenda de shows. 

Além disso, devido a uma performance explosiva nos palcos, a Cachorro Grande conquistou o prêmio de melhor show na extinta premiação Video Music Brasil, da MTV, e ao longo dos anos, dividiu o palco com bandas como Oasis, Supergrass, Primal Scream, Iggy Pop, Aerosmith e abriu o show dos Rolling Stones em Porto Alegre durante a turnê Olé, em 2016. 


SOBRE DUDA MACHADO

Duda Machado começou sua carreira participando da efervescente cena da música alternativa de Salvador da década de 1990. Tocando, produzindo e gerenciando um estúdio.

Em 2002 deu início à parceria com a Pitty, como baterista da banda, e seguiu com ela até 2017. Nesse meio tempo montou o Studio Madeira em São Paulo, onde foram gravados alguns dos discos da Pitty, da Cachorro Grande, além de outros projetos. 

Tem como principal referência os grandes grupos do rock mundial, que caracteriza seu estilo de tocar bateria e produzir.

Nenhum comentário:

Postar um comentário