MUDDORA imprime a força da Baixada Fluminense em EP de estreia e videoclipe

Através do selo Astronauta Discos (RJ), banda de rock mostra sua cara em duas músicas autorais e videoclipe com participação da atriz Carla Nunes.


MUDDORA traz influências de sons pesados, bem construídos, com belos arranjos, letras e melodias. Alter Bridge, Creed; Scott Stapp; e Slashft Miles Kennedy and The Conspirator são algumas das referências.

Formada por Déh (também guitarrista na veterana banda de rap Nocaute), que decidiu montar o seu trabalho e convidou alguns amigos, MUDDORA só tem apaixonados pelo projeto – o que revigora as energias e dá mais alguns passos rumo ao mercado da música. O idealizador Déh é também o compositor das canções e aborda principalmente o cotidiano, buscando nas vivências pela vida as inspirações para criar. Ao seu lado, como braço direito de suas composições e arranjos, existe o amigo e músico Lionel (guitarra solo). Completam a banda Léo Monteiro (vocal), escolhido por seu alcance vocal alto, sem drives, refinado. Logo no primeiro ensaio se descobriu que era o cara certo. Ainda faltava uma cozinha perfeita para fechar com chave de ouro. Então os integrantes chamaram os músicos Vini (bateria) e Félix (contrabaixo), ambos com pegadas absurdas. Mais um casamento perfeito para uma banda que traz um rock autoral de qualidade e com as nuances dos dias de hoje.

Mentes e Loucuras

A música Mentes e Loucuras fala do cotidiano. Fala ‘dessa loucura que é viver’. Aborda o ser humano atormentado pela dificuldade financeira, psicológica, mental, a perda da fé e o cansaço do corpo. Cansaço de não poder mais agüentar todos os problemas que o consomem no dia a dia. Vagando a esmo pela perda do emprego, da família, enchendo a cara. Alguém que teria todos os motivos do mundo pra fazer algo de errado, ilícito, mas causaria mais problemas do que ele já tem. É ai que entra a reviravolta da situação. Ele volta a ter um encontro com a fé. E nisso ele fala pra si mesmo que não vai se entregar. Que o mal que mundo lhe traz não vai conseguir derrotá-lo. E que por isso ele vai lutar, sim, e ter de volta tudo aquilo que a vida lhe tirou”, explica Déh. “Essa música fizemos em um estúdio na nossa cidade, Nova Iguaçu. Queríamos a experiência de fazer algo também com qualidade no quintal de casa. Foi então que fizemos contato com um amigo nosso que é produtor é produtor Wellington Rodrigues, do Estúdio MusiClub, aqui na Baixada, e fizemos um excelente trabalho”, conta Deh.

Entre Mim e Você

“Todas as minhas composições têm como inspiração o que vivenciamos, seja na internet, com as redes sociais e até mesmo no dia a dia. Somos uma banda que fala de amor também. E essa música fala de algo que muitos casais não conseguem ter, que é a percepção de quando termina um relacionamento. O que é? Não há ‘vencedores’. E na maioria das vezes um sempre sai mais ferido que o outro. A música retrata do quanto é difícil terminar e/ou aceitar um término de relacionamento. Mas ao mesmo tempo fala que devemos seguir em frente, superar e que as boas lembranças é que ficam e não importa o quanto ficamos sofrendo, sempre haverá outro dia, outro alguém”, comenta o autor, Déh. “A experiência de gravar, ainda mais em alto nível de produção é sempre muito boa. Gravamos no EME Estúdio com Jorge Guerreiro, Tuta Macedo e Diogo Macedo, com quem já estamos acostumados. E o melhor de tudo: são nossos amigos. Gravar com qualidade, bons arranjos, e sempre com bom direcionamento faz a diferença”, conclui ele.

SOBRE O SELO ASTRONAUTA

Criar e lançar um selo fonográfico como o Astronauta Discos já era cogitado desde o final de 1996, mas somente em 1999 Leonardo Rivera o montou, após se desligar do departamento artístico da Universal Music. Tornou-se uma casa para o artista no início de sua trajetória e um foco de resistência para o talento do futuro.

Astronauta lança álbuns e artistas que não recebem a devida atenção no departamento artístico das grandes gravadoras; acreditando no equilíbrio entre a música e o mercado; e respeitando expressões artísticas legítimas.

O selo Astronauta Discos permitiu que inúmeros artistas novos e independentes pudessem lançar seus primeiros álbuns – entre eles Luis Capucho, Autoramas, Saara Saara, Mathilda Kovak, O Divã Intergaláctico, Los Bife, Coyote Valvulado, Ju Martins e Senhor Kalota. Em 2019 comemorou vinte anos voltando a distribudir seu conteúdo pela Universal Music e tendo sua editora administrada pela Warner Chappell. Na ocasião, lançou singles de Chico Chico, João Mantuano, Zé Ibarra, Marcela de Sá, Pedra Relógio, Arthus Fochi, Cris Braun e diversos outros talentos.

Apostando em novas tendências e valorizando propostas ousadas e criativas, busca coerência e comprometimento com a renovação, mas sem expor o novo artista a programas de caça-talentos na TV ou propostas similares. Visite o site oficial e saiba mais: www.astronautadiscos.com.br. Mais informações: 55 21 96488 3817, astronauta.discos@gmail.com

Videoclipe "Entre Mim e Você" - https://www.youtube.com/watch?v=I8XSL01ouzw


Fonte: Cezanne Comunicação - Assessoria de Imprensa em Cultura e Arte

Nenhum comentário:

Postar um comentário