SUPERBRAVA mostra possibilidades do cotidiano no EP "Natural"

Segundo EP da banda da Baixada Santista é um lançamento da Artico Music.




Da Baixada Santista, o SUPERBRAVA retorna com o segundo EP, intitulado Natural. É um registro cujas letras e linhas melódicas sugerem situações e sensações cotidianas. O lançamento acontece no dia 18 de junho pelo selo Artico Music.

Natural foi gravado e produzido por Nando Basseto (guitarrista do Garage Fuzz) e SUPERBRAVA entre março e novembro de 2020, no Estúdio Play Rec, em Santos.


São cinco músicas que falam de vivências do quinteto que surfa entre o emo, pop punk e hardcore melódico. Mas também falam sobre você, sobre o seu vizinho e até mesmo sobre aquele cara desconhecido que você sempre vê na rua, voltando da padaria.

Também são canções sobre mudanças, escolhas e de ciclos que se iniciam, outros que se encerram.

Uma parte desse trabalho a banda já tinha e, a outra, bolamos já no meio desse período difícil que todos estamos passando – acabou mudando mais ainda a forma que a gente compôs as músicas, os arranjos, a produção”, comenta o SUPERBRAVA.

Lyric vídeo de Natural: https://youtu.be/Bz-3fWtED-8

No entanto, apesar de mensagens bem diretas, as mensagens de Natural levantam possibilidades de interpretação, podendo gerar identificação ou até mesmo contrapontos sobre a forma de expressão. Natural marca a estreia do guitarrista Vinicius Frutuoso ao lado de Nathan Motta (baixo, Rodrigo Dido (guitarra), Moisés Alencar (bateria) e Vicente Anacleto (vocal).

O primeiro registro do SUPERBRAVA é o EP Todas as Cores, lançado em junho de 2019 pela Seein Red Records, com gravação, mix e masterização de Nando Basseto, no Playrec Estudio. São sete músicas que falam sobre diversidade, empatia e acolhimento.

Tracklist

1- Ininterrupto (Letra por Sandro música por Superbrava)
2 - Peso de Tudo (Letra e música por Superbrava)
3 - Natural (Letra e música por Superbrava)
4 - Pílula (Letra e música por Superbrava)
5 – Trilha (Letra e música por Superbrava)

Superbrava é
Nathan Motta
Rodrigo Dido
Moisés Alencar
Vicente Anacleto
Vinicius Frutuoso

Nenhum comentário:

Postar um comentário